1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

domingo, 30 de junho de 2013

FAGUNDES VARELA

FAGUNDES VARELA

Cântico do calvário, primoroso canto
Escrito ao filho morto prematuramente;
Uma leitura que faz sim rolar o pranto
Dos nossos tristes olhos por ser comovente;

Tanta tristeza te levou ao desencanto…
E as rodas boêmias para afogar tão somente
Os incidentes da vida envolta no manto
Da saudade a durar indefinidamente;

Tua poesia nos mostra uma natureza
Viva em cores, mostra a solidão e a tristeza
Sempre de mãos atadas pelas madrugadas;

Lindas obras deixaste ao mundo lapidadas
Pelas tuas mãos, poeta eleito na mais bela
Das noites estreladas Fagundes Varela;

Soneto ao poeta Fagundes Varela


8 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Belíssimo..
Parabéns.

Abraço.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/2013/06/porque-foges.html#comment-form

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Samuel,obrigada pela sua visita sempre muito amável.

Lindo seu soneto,como sempre merece meus aplausos.

bjs amigo
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.oom

Laura Santos disse...

Excelente soneto, primorosamente escrito!

Eilan disse...

Lindo soneto! Gostei muito!

Ah, deixo aqui um convite: fizemos um post no meu blog sobre automutilação e aí se teve a idéia de uma campanha pelo amor-próprio, seja de pessoas com transtornos ou não. O #ProjetoEuMeAmo.
Queria criar uma página no blog com fotos e depoimentos de pessoas, fazendo algo pra si próprios, nem que seja beijando o espelho.
Bem, caso vc ache interessante, mande para borderlineggirl@gmail.com, tá?

bjo!

eilan

borderline-girl.blogspot.com

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Adorável!
"Sempre,
de mãos atadas pelas madrugadas "

Bjins

ॐ Shirley ॐ disse...

Muito, muito bonito, Samuel. Beijo e Paz Profunda!

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

ADORO TEU JEITO DE ESCREVER,SAMUEL.

E NÃO SAI DE TUA ROTA.

ESCRITORES,POETAS,AULAS QUE RECEBEMOS.

ENTENDI SOBRE O POSTAR NO BLOG DA CATIA. NÃO NOTEI SE TINHA TEU NOME COMO AUTOR,AMIGO.

BRASIL GANHANDO DA ESPANHA!OBA!


BEIJOS E LINDO DOMINGO

DONETZKA

Poções de Arte disse...

Bom dia, Samuel!
Como está?

Que bela homenagem.
Acho que por mais que os poetas tentem, nunca conseguem descrever totalmente a dor de uma saudade. Vida é tudo o que importa neste mundão...

Abraços e feliz quarta-feira!