1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 31 de março de 2014

HUMANOS CONTROLADOS

Ondas eletromagnéticas
De aparelhos programados...
Provocam mortes frenéticas
De humanos controlados;

Sempre com um celular
Perdendo o tempo precioso...
Ao invés de se conectar
Com o seu Eu poderoso;

Gostam de televisão...
De notícias negativas
E esquecem do coração
Sem quaisquer expectativas;

Controlados pelo medo...
Pela desinformação...
E o coração vai mais cedo
Mergulhando em solidão;

segunda-feira, 24 de março de 2014

GERAÇÃO DOS REMÉDIOS

Cada dia a fila aumenta...
As farmácias ficam ricas...
A memória bem mais lenta
Não aceita novas dicas;

Tem remédio para as dores...
Eles enchem prateleiras...
Invadem seus interiores
Como drogas verdadeiras;

O fígado não dá conta
De processar tanta droga...
A cabeça fica tonta
Enquanto o corpo se afoga;

A gripe e sua vacina...
E lá vão em fila indiana
Para o posto que destina
Uma nação que não se ama;

Muitos tomam por tédio...
Outros realmente precisam
Do maldito do remédio
Que os seus corpos paralisam;

segunda-feira, 17 de março de 2014

PELA LEVEZA DOS BLOGS

Deixem os seus blogs mais leves
Para serem visitados...
Para que passagens breves
Tenham tempos prolongados;

Quantas vezes travou tudo
Bem na hora de comentar...
Eu chegava a ficar mudo
Não mais querendo voltar;

Imagens pesam demais...
Tentem diminuir elas...
Que visitas semanais
Vão trazer surpresas belas;

Este site abaixo faz uma medição do tamanho da página e tempo que ela demora para carregar...
Espero que possam verificar isso e tornarem os vossos blogs aptos a serem visitados...

http://tools.pingdom.com/fpt/

segunda-feira, 10 de março de 2014

AMOR OU SEXO

Amor vem do coração...
Funde dois corpos num só...
Vibra como uma canção
Lapidada em nota dó;

Fazer amor é tão lindo...
São horas de reais carinhos...
São duas almas sorrindo
Abraçadinhas nos ninhos;

Sexo é instinto animal...
É o prazer do momento
Sentido no ato carnal
Longe do real sentimento;

Sexo é matar os desejos
Na solidão dos minutos...
Tão gelados quanto os beijos
De dois lábios diminutos;

segunda-feira, 3 de março de 2014

BOBOS DA CORTE

Brasil, a nação dos bobos
Comprados com cestas básicas;
Quem come bem são os lobos
Lá nas cadeirinhas clássicas;

Brasil dos tais deputados...
Da podridão dos ministros...
Votando votos comprados
Nos labirintos sinistros;

Brasil do bolsa família
E do vale celular...
Tudo sem a tal vigília...
Fica mais fácil roubar;

Brasil, ordem e progresso...
É o que diz na bandeira...
Pena que tem o congresso
Sempre fazendo besteira;

Brasil da copa do mundo...
Da lavagem de dinheiro;
Foi desviado de algum fundo...
É assim no mundo inteiro;