1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 11 de maio de 2015

SCOOBY DOO

O Scooby doo é um cãozinho
Medroso mas salvador...
Com cuidado e jeitinho
Salva todos com amor;

O Salsicha é o seu dono...
Um sujeito magricelo
Que não deixa no abandono
O seu cão pé de chinelo;

Fred é o mais corajoso...
Sempre louco por mistérios...
Lerdo e um tanto vagaroso
Não decifra nem minérios;

Daphne é o alvo dos ladrões...
Loirinha muito esperta...
Sempre encontra soluções
Para fugir na hora certa;

Velma é mais inteligente...
Toda metida à pacífica...
Ajuda Fred calmamente
Com sua visão científica;

34 comentários:

Lu Nogfer disse...

O desenho que eu mais gostava! As vezes ainda assisto.rs
So não gosto do filme porque não tem a mesma graça do desenho.
Muito bem versado, meu amigo poeta! Parabens como sempre.

Beijos e linda semana pra você.

Ivone disse...

Ah, que legal, lendo aqui me lembrei de quando assistia com alguns dos meus, pois é, filhos, netos, enfim...
Muito bom amigo Samuel, é uma leveza isso, amo essa leveza da vida, poder mostrar que há beleza em todas as coisas puras!
Abraços bem apertados!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Minha filha adorava assistir esses desenhos.
bjs amigo Samuel e uma ótima semana.
Carmen Lúcia.

Bell disse...

Adoro desenhos e esse é um dos meus preferidos

bjokas =)

Leidiana Pereira disse...

Você é tão criativo amigo!
Sempre surpreendendo com seus lindos versos. ^^
Adoro o Scooby, ele fez parte da minha infância... queria muito ter um cachorro falante e camarada como ele.. rsrs
Beijos. ♥

Diário da Lady

Anônimo disse...

Meu desenho favorito..
mas os da época antiga..
os filmes não ficaram muito bons.. abraços poeta

Anônimo disse...

Gostei muito da poesia... bem criativo.. e deve ter dado um belo trabalho tb.. abraços

lua singular disse...

Oi Samuel
Bela homenagem a essa série, eu adora assistir com meu filho
Bem lembrado
Beijos

Vera Lúcia disse...

Que bacana, Samuel!
Só você mesmo para versar sobre esta turminha divertida. Já assisti muito.
Delícia de versos. Adorei!

Feliz semana.

Beijo.

Carolina Botelho disse...

Eu gosto até hoje desse desenho, as filhotas tb, tem até bicho de pelúcia do Scooby :)

Lucas - Blog: Overture disse...

Esse desenho tem uma certa atração e um certo fascínio porque mistura fatores muito convidativos: suspense, comicidade, enredo... E teu poema retrata com fidelidade cada uma das personagens principais. Muito bom! Abraçosssssss amigo!

Tais Luso disse...

Eu adorava esses desenhos e outros tantos, fizeram parte do nosso desenvolvimento, dos nossos filhos, tanto quanto os gibis. E tem muito adulto por aí que ainda é amarrado neles! Você pega bem em todas as faixas, hein??
Beijos, querido amigo! Uma linda semana, muito produtiva, vai pensando!

Rosemary Lima disse...

Meeu Deeeus! Eu adoroo Scooby Doo desde a minha infancia, adoreei a historinha em sintonia de poema! ficou ótimo

Beijos

Larissa Fonseca disse...

Ah, eu adorava assistir a Scooby Doo! Adorava desenhos animados que envolvessem mistérios ou espionagem, em geral, mas no caso desse tinha a dupla Salsicha-Scooby para deixar tudo ainda melhor! Sem falar dos monstros, que eram sempre uma farsa, né... haha. Poesia bem nostálgica!

Poções de Arte disse...

Adoro!
Qdo era criança, não perdia um - lembro q passava aos domingos, que a gente sempre ia na casa da vó. Aí era um bico enorme ter que sair no meio do Scooby Doo - tinha q ser antes ou depois rsrs.
Aí com o Scooby Loo ficou mais divertido ainda. "Deixa ele comigo, tio Scooby!". rsrs
Viajei com seu poema.
Abração e lindo dia (de frio?).

Clau disse...

Muito bom Samuel!
Você descreveu com perfeição estes personagens
que tanto gosto!
Uma homenagem e tanto a turma do Scooby Doo.
Bjs :)

Laura Santos disse...

Muito bem construído o poema!
O Scooby Doo é aquele cão que gosta de se meter em confusão.! E que nunca passou de moda.
Só tu para fazeres poemas com todos os assuntos! :-)
xx

lua singular disse...

E viva o Scooby Doo
Beijos

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Samuel.
Muito divertido e bem elaborado o poema.
A sua criatividade do que é a verdade foi passada aqui em poesia com maestria.
Parabéns e tudo de bom.
Beijos na alma, amigo.

Paloma Viricio disse...

Oiee Samuca! Bom, adorei o poema! Você já sabe o quanto gosto dos seus poemas sobre desenhos e os do chaves, né?
Como sempre muito bom...
Beijos meu anjo,
Monólogo de Julieta

Fábio Murilo disse...

Resumiu muito bem, o filme. O perfil de seus animados personagens, me lembrou, é isso ai Samuel, abraços.

Edna Sa disse...

Olá Sam!
Que poema diferente, bem lembrado!
Me surpreendi, como sempre ao ler seus poemas...
Assisti muito esse desenho quando criança, e as vezes ainda assisto com meus filhos, acredito que todos gostam desse desenho.
ah! meu filho teve um cachorrinho com o nome de scooby, e o Natanael adorou esta poesia, assim como toda criança vai se encantar ao ler.
Beijo da Edna.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Samuel,passando para desejar um lindo final de semana.
bjs-Carmen Lúcia.

Priscila Rubia disse...

Samuca homenageando uma das famosas criações Hanna-Barbera?
Samuca é leveza.
Samuca é alegria e paz nas criações in versos.


Meu Olá
=)

Bia Hain disse...

Oi, Samuel, como vai? Os desenhos do Sooby Doo por um bom tempo foram os meus preferidos. Até hoje se vejo passando paro para assistir... que gostoso ler essa homenagem aqui, Abraço!

Bia Hain disse...

Olá, Samuel, como vai Scooby Doo por um bom tempo foi meu desenho preferido, até hoje páro para espiar se estiver passando. Gostoso ler essa homenagem aqui, Abraço!

Rute Beserra disse...

Nossa, ficou lindo a poesia do Scooby, Sam.
Uma rima perfeita.
Beijos, boa semana

Rita Sperchi disse...

Meu doce poeta que maravilha falar dessa turminha linda e desse cachorro bem bagunçado rsrsr sempre gostei desse desenho , pena que não vejo mais a gente volta a ser criança com eles

Bom domingo e um começo de
semana cheio de muita Paz

└──●► *Rita!!

Elyane Lacerdda disse...

Muito legal esse seu post,amigo!!!!
Poema lindo e singelo, como sempre marcam sus palavras meigas!
Bjus e bom domingo!
saudade de vc,amigo poeta!
http://www.elianedelacerda.com

Karen Gama disse...

Olá, Samuel!
Primeiramente, obrigada pelas tuas palavras. E que graça de poema, que gostoso lê-lo com gostinho de infância! Gosto muito do jeito que escreves :)

Abraços.
karengrp

Sissym Mascarenhas disse...

Voce foi genial descrevendo os personagens que já me fizeram rir muitas vezes. Adorava assistir.

Bjs

Aline Thompson disse...

Ah, é claro que eu adoro Scooby-Doo! Tudo que tem mistérios envolvendo supostos fantasmas e afins me agrada! - Você sabe!
Uma das coisas que me divertem é que nunca o fantasma é real, mas eles morrem de medo sempre!

Isabela Brandão disse...

Adorei! Me fez lembrar a minha infância. Era tão divertido e prazeroso assistir a Scooby Doo, mas hoje já não tenho mais tempo para assistir desenhos rsrsrs
Uma ótima noite para você!

afetocolorido.blogspot.com.br disse...

Difícil encontrar alguém que não curtiu junto com a criançada, muito bom, divertido demais. O poema ficou lindo.
PS: Terminei de ler suas pérolas, vou doá-los para uma escola do meu bairro.

Tenha um bom dia!
Bjs no coração.