1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

TOM E JERRY
















Jerry, ratinho engenhoso...
Sempre fugindo do Tom...
Gatinho um tanto formoso
Que nasceu sem o seu dom;

Nunca consegue pegar
O ratinho habilidoso...
Que come queijo a gozar
Do gato espalhafatoso;

O Tom coloca ratoeiras...
Fica sempre vigilante...
Chega até ganhar olheiras
E não pega o rato errante;

28 comentários:

Clau disse...

Bom dia Samuel,
Sempre gostei de assistir 'Tom e Jerry',
e meu preferido é o ratinho!
Adorei relembrar meus tempos de infância...
Beijos e excelente semana \o/

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Uma graça esses desenhos e você os descreveu lindamente amigo Samuel.
Bjs e uma ótima semana.
Carmen Lúcia.

Cidália Ferreira disse...

Ohhh que maravilha!! Adorei, Samuel.. :-)

Beijo e um dia feliz

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Bell disse...

Adoro esses dois, fizeram parte da minha infância

bjokas =)

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Samuel
Verdade, rs.
Mas eu penso que o Jerry é muito mal, sempre colocando o Tom em grande encrenca sem ele nada fazer!
Claro que ele não é inocente, mas vez em quando quem muito apronta não é ele.
Gostei muito.
Saudades de ti.
Beijos na alma, tudo de bom e linda semana de paz,amigo querido.

http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/

http://divasdapoesianaturalmente.blogspot.com.br/

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/5411691

brisonmattos disse...

kkkkkkkkk...que bonitinho!

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Samuel muito legal tua poesia!
Que saidades do Tom e Jerry, adorava!
Abração e uma ótima semana.
Mariangela

Lourisvaldo Santana disse...

Quanto jeito para arranjar as palavras, Samuel!
E tão animado quanto na TV.
Abraços!

Tais Luso disse...

rsss, olá, querido amigo, eu adoro esse desenho com esse dois! Sim, ainda gosto. Fizeram parte da minha infância. Gato arisco, meio doidão...rss E o esperto do ratinho? Adorei, adorei. Você é ótimo, traz tempos muito alegres...
bjus, uma ótima semana!

Dorli Ramos disse...

Oi Samuel,
Gosto do desenho e que linda poesia fez
Eu fechei os comentários do Lua Singular, ele fica só para leituras, mas abri um outro bem pequenino.
Beijos
minicontista

Lucas - Blog: Overture disse...

Grande tirada, meu amigo! Esses dois são responsáveis por muitos momentos de descontração em nossas vidas! É um gato enorme e atrapalhado e um ratinho terrível e sortudo! Bela homenagem, versos muito inteligentes! Abraçosssssssssss

Ivone disse...

Amei ler, revi-me assistindo com meus filhos e depois netinhos, rsrs, pois é, acho que todos conhecem e gostam de desenhos animados, Tom e Jerry, o que é bom não acaba, não morre e é sempre lembrado, bem assim como fizestes nesses lindos versos!
Abraços amigo Samuel!

silvioafonso disse...

Você, hein poeta!
Sempre habilidoso
com as palavras.
Parabéns e um abraço
grande. Bem grande,
assim oh!




.

Nanda Olliveh disse...

...disse tudo... '' nasceu sem o seu dom''
rs nunca que pega esse ratinho...

Gostei de ler-te!

Beijos meus!

fascinadapelomundo disse...

Adorei o poema,super maravilhosas as tuas rimas,gostei bastante,bom resto de mês de outubro para ti,tudo de bom,beijinhos fofinhos!!

Lia Noronha disse...

Samuel: somos muitas vezes tolos Tons...e por algumas Jerrys...pura reflexão!!!abraços meus a ti querido.

Bandys disse...

Ahh que lindo.
Voce transforma em sonho aquilo que ja é fantasia.
Adorei.
Beijos meu amigo

Maria Adeladia disse...

Samuel: Interessante o póster. Gostava muito desse filme. Me divertia com as aventuras deles.Um barato! Como está vc, meu amigo? Espero que bem. Desejo-lhe uma linda noite.Bjs.

Lu Sam disse...

hahaha me lembrou a minha infância, tinha vezes que eu até torcia pelo Tom, pobre coitado rs
beijos.

Larissa Fonseca disse...

Eu adorava assistir a "Tom e Jerry"! Mas, sem querer parecer uma pessoa ruim nem nada, eu torcia muito para que o Jerry fosse pego...

Aline Teles disse...

Eu adoro essas suas postagens que fazem a gente lembrar da nossa infância. Eu assisti muito Tom e Jerry. Me divertia bastante. Beijinhos.

Poções de Arte disse...

Ai que fofo, Samuel!
Poema com nostalgia, adoro!!! Época boa da minha infância.
Eu sempre ficava com peninha do Tom... nunca gostei de ver nenhum personagem sofrer. O mesmo com o Coiote e detestava quando o Pica-Pau era tão mal com o Leôncio rsrs.

Abraços esmagadinhos e lindo dia.

Rita Sperchi disse...

Bom dia de segunda e boa semana
passando para deixar um abraço ver suas postagens
maravilhosas, e convidar para me visitar e participar do
sorteio que farei para o Natal aguardo sua visita bjussss


└──●► *Rita!!

Kaka Stelê disse...

Muito legal Samuel, uma gracinha esses dois e você soube criar um poema tão encantador!

Um super beijo *-*

Lavínia Carvalho disse...

haha Que legal Sam!! Quando era mais nova, acordava todos os sábados de manhãzinha para assistir desenhos e Tom e Jerry sempre foram um dos meus favoritos, apesar de que eu sempre me irritava com o Jerry, rum! haha Beijos *-*

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá menino Samuel,passando para lhe desejar um ótimo final de semana.
Bjs-Carmen Lúcia.

Lu Nogfer disse...

Verdade! Kkkkkk
Esse foi o desenho que mais assiti até hoje, sabia. E ainda assisto quando meu lado infantil dá as caras. rs
Um encanto!

Beijo meu.

Vanessa M. disse...

Lindo poema.. doces versos..!
Aí consta uma maravilhosa contemplação de uma lembrança de infância. Quem não assistia esse desenho? Recordar é viver :)

Um abraço