1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

quinta-feira, 3 de março de 2016

SONETO A OLAVO BILAC


18 comentários:

Carolina Botelho disse...

Linda homenagem, gostei muito desse soneto. Mas o melhor foi ver sua letra :)

Vera Lúcia disse...

Olá Samuel querido,

Que prazer revê-lo. Você some só para a gente sentir saudades, né?

Eu achei o soneto brilhante e maravilhoso. Aposto que Olavo Bilac sorriu do além túmulo-rs.

Parabéns por este lindo momento poético!

Obrigada por seu carinho.

Beijo.

Cidália Ferreira disse...

Amei! Simplesmente divino.
Parabéns Samuel

Beijo de boa noite

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Lu Nogfer disse...

Uma linda homenagem ao grande poeta parnasiano que deixou um legado incrível .
E os seus versos Samu, tem tudo em comum com os de Bilac, pela perfeita estética em que se apresentam. Mesmo com a particularidade que lhe define. Parabens pelo grande talento, poeta!
Beijos!

Lu Nogfer disse...

Ah esqueci de falar sobre a caneta...Chegou né? Mas ta muito chique esse poeta! rs
Ficou show!!!

PS: Não precisa publicar esse não, amigo.
Bjo!

✿ Regiane ✿ disse...

Oi!
Que lindo soneto!
Sua letra é linda também, gostei!rs
Fique bem!
Bjs

Femme Digital

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Menino Samuel por onde você anda?
Não posta mais essas maravilhas para nós!!
Estamos com saudades.
Bjs e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Mariangela do lago vieira disse...

Oi Samuel que beleza de inspiração,amei!
Um bom dia pra você!
Mariangela

Clau disse...

Olá Samuel :)
Olavo Bilac gostava de ouvir estrelas, e vc com tamanha sensibilidade transformou isso em belos versos para homenagear esse grande poeta.
O soneto ficou impecável :)
Beijos!

Carol Russo S disse...

Samuel, que saudades senti daqui!
Desculpe, gostaria de ser mais frequente, mas sem computador as coisas estão difíceis...
Belo soneto, amigo. Uma bela homenagem.

Malu Silva disse...

Samuel, seus poemas são sempre encantadores. Voltei, amigo. Se desejar venha conhecer minha nova casa.
Grande abraço!!!

Aline Goulart disse...

Adorei conhecer a sua letra, rs. Belíssima homenagem ao grande poeta Olavo Bilac. Tu escreves muito, amigo. Beijinhos...

Tais Luso disse...

E daí, querido poeta, cadê você?
Lindo seu soneto a Olavo Bilac! E ficou ótimo manuscrito, personalizado!!
Beijos, amigo! Espero que você esteja bem e escreva mais!

Dorli Ramos disse...

Oi Samuel,
De óculos quase que não consegui decifras suas letras, mas fiz um grande esforço e deu certo.
Se Olavo estivesse vivo ficaria lisonjeado.
Beijos
Minicontista2

Ivone disse...

Bom dia amigo Samuel, que bom que voltastes!
Lindo sua inspiração ao homenagear Olavo Bilac, pois sempre temos nos grandes exemplos maravilhosos e és inteligente e sábio para pegar a essência dos poetas!
És poeta sensível e não se ausente mais querido amigo!
Abraços apertados!

ALÉM DAS SIGLAS POESIAS disse...

Muito lindo amigo!! Teus versos continuam emocionando. Estava procurando o vídeo do meu soneto não encontrei, depois me manda o link? Bjssss

Bandys disse...

Muito legal essa homenagem a Bilac.
Voce como sempre arrasando.
beijos

Vanessa M. disse...

Belíssimo soneto, Samuel!!

Já o conhecia (você já o tinha enviado para mim por e-mail) mas devo dizer: lindos versos, que bela homenagem ao grande Olavo Bilac!

Um grande abraço