LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

sábado, 26 de junho de 2021

SONETO A CAMISOLA


Camisolas sedosas, provocantes...

De babado e decotes magistrais

A esconder bem as pérolas radiantes

Sempre loucas por beijos divinais;

 

Camisolas de alcinha, deslumbrantes...

As com florzinhas são fenomenais...

Dão colorido as noites excitantes

Onde os dedinhos correm naturais;

 

Uma taça de vinho e olhares nus

Que correm pelo corpo envolto em luz...

Arrebatado pelo calor real;

 

A camisola já está no chão...

Enquanto os corpos rolam no colchão

Numa troca de amores celestial;

 


 

sábado, 26 de setembro de 2020

SONETO AOS CABELOS

Encantamento dos perfumes tantos,

Soltos ao vento, rendem corações

Apaixonados que querem os mantos,

Do amor jogar ao som de canções.

 

Cabelos lisos, cândidos encantos,

Alvos de primordiais declarações,

E os cacheados tão belos, ganham cantos

Das almas a sonharem tais paixões.

 

Cabelos com um brilho esplendoroso,

Descendo pelos ombros femininos,

Percorrendo caminhos tão divinos.

 

Cabelos no ser mais maravilhoso,

Na mulher que perfuma sempre os ares,

Vestida pelos brilhos dos luares.

 

segunda-feira, 31 de agosto de 2020

NOSSOS LÁBIOS


Nossos lábios são harpas majestosas...

Quando se tocam formam melodias,

Que ouvimos juntos das mais lindas rosas,

Que afloram no passar doce dos dias.

 

São pérolas nas noites luminosas,

São versos lapidados em poesias,

São o néctar das flores mais formosas

Bebidos nos jardins das fantasias.

 

Nossos corações são ninhos de amor,

São castelos da mais virginal flor

Que zelamos por toda a nossa vida.

 

Nossas almas são céus lindos de anil,

São véus que cobrem o rosto febril,

São uma primavera colorida.