LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

domingo, 15 de setembro de 2019

SONETO A BEETHOVEN


5 comentários:

Gyzelle Góes disse...

Bom saber que ainda escreve!
Abraços e poesia!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Elzenir Apolinário disse...

Boa noite!!! Suave descrição da morte p um sensível compositor...Amo Beethoven... Abraço

Vall Nunnes disse...

Boa tarde Samuel!
Voltei depois de um tempinho afastada.
Olha,sua delicadeza ao falar deste último tan tan tan tan,me fez mais segura do dia que um dia vai chegar. Até qualquer hora.
Xeru

Vall Nunnes disse...

Olá Samuel!
Óia eu por aqui. Estive outras vezes,comentei e algo deu errado.
Amo seu jeito suave, porém direto de tratar sobre a temida morte (para muitos).
Minha mãe se foi há oito meses,nunca me senti só ou privada de tê-la um pouquinho mais. Pelo contrário,ela se faz muito presente em todas as situações. Mesmo sem estar.
Abraços querido meu!