LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 21 de abril de 2014

REGRESSÃO

Quando o véu do esquecimento
Por um anjo é levantado...
Temos o merecimento
De ver fatos do passado;

Passa um filme de repente...
Com as partes principais;
A morte se faz presente
Como nos dias atuais;

Nossos guias espirituais
Sempre vão nos amparar...
Abrindo lindos portais
Por onde vamos entrar;

Os acidentes, trapaças...
Tudo te será mostrado...
Para que agora o bem faças
Melhorando o teu legado;

Já mataste e foste morto...
Pensas tu que foi santinho;
Quem lá atrás fez aborto
Hoje não terá filhinho;  

52 comentários:

Laura Santos disse...

Irónico, não? : "Quem lá atrás faz aborto/ Hoje não terá filhinho", mas quem faz agora um aborto poderá ter um filho no futuro...!!
O teu poema dá muito o que pensar, Samuel!
O aborto será sempre uma desculpa para a irresponsabilidade, reduzindo um embrião, pessoa em potência, a lixo. É o tipo de morte mais injusta , desumana e trágica, porque é o assassínio de um ser indefeso por quem mais o deveria proteger.
Só faz aborto actualmente quem vê um filho como um acessório.
xx

Dorli disse...

Oi Samuel,
Quantas vidas ainda haveremos de viver?
Uma só já e um martírio.
Beijos
Lua Singular

Mensagens, dicas e outras coisas disse...

Olá Samuel,
Você faz lembrar, que é uma benção o véu do esquecimento,
pois o que hoje em dia jamais faríamos, no passado tivemos a inconsciência de termos pecado gravemente, mas enfim apesar de nínguem ser santinho, estamos sim, melhor que ontem (passado) e amanhã (futuro) estaremos com a força de Deus e os seres de luz, muito melhores.
Beijos

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Samuel

Muito engraçado... Gostei muito, como sempre.

Tem um dia feliz.
Beijinho

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Lu Nogfer disse...

Bom dia Samuel.

Como ja disse um dia com toda sinceridade, não entendo muito dessas coisas e nem procuro entender pois gosto muito do hoje e é do humano pensar no futuro... porém concordo plenamente com o terceiro comentário e completo com o tua tese no comentário em meu blog: "viver é ser simples..."
Sim! Nós é que muitas vezes complicamos o simples.

Beijos e até sempre, amigo querido!

Bandys disse...

Oi Samuel,
Eu acredito em outras vidas...e acho
que cada vez que se volta é para uma elevação espiritual.
Que esses portais estejam sempre abertos e nossa mente também,
Quando abrimos a mente passamos a entender o que tava obscuro.
Sou totalmente contra aborto so quando existe estupro ai não tem como.
A mulher ter um filho de quem a estuprou jamais;

Beijos meu querido amigo e ate sempre.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Samuel:
Não me ligo muito nessas coisas do que já passou, mas o seu poema é brilhante.
Beijos e até sempre,
Renata

Sara disse...

*OO* muito bom! como sempre ^^

Lindalva disse...

Já te disse meu donzelo aqui mundo de espiação e aprendizado, temos o nosso livre arbítrio, os usa quem realmente quer passar somente passando. Boa tarde meu poeta hoje venho te abraçar e te convidar a participar de mais uma Colcha de Retalhos de Amor em homenagem ao Dia das Mães. Te espero na Ilha se tua internet deixar kkkkkkkkkkkkkk beijos nos lindos olhos!

ॐ Shirley ॐ disse...

Pois é exatamente assim, Samuel. Você retratou muito bem nossa passagem por aqui e , no passado, santinhos não fomos mesmo rs.
Bravo!
Beijos!

Bia Hain disse...

Oi, Samuel, como vai? Nossas falhas do passado fazem parte da nossa história... não há como ignorar o que já aconteceu. Resta o aprendizado para tentar agir diferente nas novas atitudes. Não sou a favor do aborto, mas também não julgo quem o faz. Um abraço!

Vera Lúcia disse...

Olá Samuel,
Se eu pudesse escolher, não iria desejar ver atrás desse véu. Mas entendo que há um momento em que esse olhar se faz necessário para escolhermos os novos caminhos que nos levarão ao resgate de nossas falhas. Só de estarmos nesse mundo de prova e expiação já é sinal que não fomos nenhum santo no passado.

Abraço e feliz semana.

Rita Sperchi disse...

Passamos por mil provações nessa vida
acredito em vidas passadas e que existe algo
tão forte pq o que fazemos , voltamos para terminar
o que foi bom,santo ou não , temos nossas dividas

Abraços de sempre
Rita!!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Samuel,acredito muito que muitas vidas iremos viver,pois esse resgate é necessário para a nossa evolução no plano espiritual.
Bjs amigo
Carmen Lúcia

Ivone disse...

Bom seu texto que toca em uma questão ainda muito difícil de se entender, mas costumo dizer pra mim mesma que "ganhei de presente essa minha reencarnação", sendo assim...
Quem pode saber o que já fizemos de errado no "passado" é mesmo a nossa conscientização na hora do levantar do véu do esquecimento, aí sim veremos, por isso que não podemos julgar, tampouco ter preconceitos!
Abraços e tenhas uma linda semana!

Lívia Apetitto disse...

Samuel, querido amigo

Vejo que és um ser espiritualizado
o que eu já sabia e não atrevi dizer,
pode ser que sejas ou não da doutrina,
se não te conheço, saberei quando morrer...

É meu caro e grande amigo Samuel
alguns desconfiam outros tem certeza,
das coisas ocultas lá do céu
e com apreço se dedicam com firmeza...

Alguns sabem outros não,
relativo as tantas afinidades,
querem por tudo explicação,
sem se darem ao sentido da verdade.

Existem pessoas muito boas,
sem entender das mazelas,
fulano não faz mal a ninguém,
então por que tudo acontece com ela?

Estamos aqui para crescer
com nossos acertos de contas,
temos posse do magnetismo,
por isto os débitos apontam...

Assim entre uma e outras coisas,
pelo tempo vamos comungando,
efeitos de causas, errando e corrigindo,
e assim seguimos nos reformando...

Gosto muito de lê você,
tens muita sabedoria,
um aprendiz que explica,
a razão da luz do dia...

Um dia haverei de conhece-lo
ou quem sabe até já conheço,
afinidades, são razões do coração,
podemos saber quem fomos,
de uma outra geração...

Beijinhos meu amigo
que coisa mais linda os teus escritos...

Livinha

Elisa T. Campos disse...

Samuel
Eu sempre digo que os blogues são encantadores. E o seu como de todos tem um brilho peculiar. É uma grande pedra que quanto mais vai lapidando mais preciosa vai ficando. Desejo que a sua Páscoa tenha sido cheio de luz.
Uma linda semana para você.
Beijos.

Rovênia disse...

É a vida eterna. Que plantemos, então, coisas boas para que tenhamos o que colher adiante. Gostei! :) Boa semana!

Leidiana Pereira disse...

Que versos lindos amigo! ^^
Alguns versos me fez lembrar sobre o feriado da paixão de Cristo, refleti muito com a mensagem que você deixou, como sempre, inspiradoras e que dão lição de vida! :)
Beijos. ♥

Diário da Lady

Leidiana Pereira disse...

Que versos lindos amigo! ^^
Alguns versos me fez lembrar sobre o feriado da paixão de Cristo, refleti muito com a mensagem que você deixou, como sempre, inspiradoras e que dão lição de vida! :)
Beijos. ♥

Diário da Lady

Marcos Satoru Kawanami disse...

Boa, Samuel, boa!

Letícia Costa Tomsik disse...

Seus poemas são sempre lindos e inspiradores.
Beijo
Letícia
www.leticiapsicologa.blogspot.com.br

Bell disse...

Existe um momento em que tudo é revelado, nada fica encoberto.

Tenha um ótimo dia =)

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Samuel, querido amigo e poeta!
É verdade, tudo será revelado, Devemos sempre alimentar mais o lado bom em nós para que não venhamos a ter surpresas negativas.
Os bons anjos do Senhor estão a nos proteger e nos guiar, mas creio que a prática do bem fortalece o nosso espírito e traz para perto dele o que é bom, energias que sintonizem com o de melhor.
Nada ficará impune.
Ninguém é perfeito e nem será, só que podemos escolher o bem para seguir, praticar boas ações, para não fazermos sofrer tanto as pessoas, e não recebermos a paga pelo descumprimento das leis divinas.
Tudo retorna, tudo, então, sejamos pessoas do bem.
Tenha uma semana de muita paz.
Beijos na alma!

Marlene disse...

Meu amigo poeta quantas verdades lindas e profundas nestes versos
que são uma verdadeira lição espiritual para profunda meditação e reflexão
o que fomos e o que somos o porque dos tropeços e acertos da vida é lindo e verdadeiro hoje e sempre um abraço marlene

Nádia Santos disse...

O aborto é mais que um assassinato, é tirar a chance de um espírito de voltar e tentar evoluir. Linda poesia. Bjus poeta.

Paloma Viricio disse...

Oie Samu, meu anjo! Como sempre ótimas obras a tua...adorei mais esta que fala de um tempo importante e bastante sério. Como sempre tiro meu chapéu para você! Amooo <3
Beijos!
Monólogo de Julieta.

✿ Rê ✿ disse...

Oi amigo querido!
Nossa, muito verdadeiro e triste o que escreveu.
Fico sem palavras sabe?
Conheço muito bem uma pessoa que abortou mais de 4 na juventude. Triste isso!
Bj
Com carinho

Blog- Femme Digital- Mãe, Esposa, Mulher!
Fan Page Femme Digital

Karina disse...

Oi Samuel!

Vim agradecer sua visita lá no meu blog. E agradeço de coração as palavras de carinho e as dicas. Estou escutando um pouco a Cristina Cairo. E me indicaram mesmo uma terapia Reike, não sei se é isso, e estou vendo se encontro alguém aqui perto. Descobri um terapeuta holístico aqui na cidade que trata com florais, não sei se é bom, conheci a esposa dele e me senti muito bem ao conversar com ela.

Já pedi para meu homeopata adiantar a consulta e marquei psicologa pelo convenio, para tentar também. Não quero entrar num estado crítico de depressão ou qualquer outra coisa. Estou buscando soluções para melhorar. E o mais incrivel, é quem nem posso pedir para Deus uma luz, pq ele esta esfregando na minha cara uma linda mensagem, todo lugar que olho vejo a mesma mensagem, porém parece que o corpo não quer obedecer. Essa semana já estou com outros sintomas e isso significa q tem algo errado pois o psicológico esta afetando o físico. Já tomei alguns puxões de orelha de uma amiga e do meu namorado, eles querem q eu pare de pensar nos problemas e me cuide mais. Mas é complicado pois eu tento e não consigo, penso em coisas boas, me concentro e dai vem algo ruim.

Adorei seu blog. Desculpe escrevo demais, é minha mania de deixar tudo explicadinho.rsrsrs

Sobre esse poema, me faz pensar em muitas coisas.

Obrigado pelo carinho!

Beijos

Sónia M. disse...

Mais um excelente trabalho, Samuel.
São muitas as vezes que quando aqui entro, me vem à memória o meu avô, o poeta popular da freguesia onde cresci. Além da escrita similar, também ele se chamava Samuel...

Deixo um beijo.
Continuação de boa semana.

Ricardo- águialivre disse...

Simplesmente soberbo. Grande poeta que faz dos versos, obras de pura arte poética

Deixo abraço

Clau disse...

Boa tarde Samuel \o/
A vida pra mim, é um dom, uma dádiva única...
Façamos o nosso melhor, pois haveremos de prestar contas.
Bjs :)

MARILENE disse...

Se aqui estamos, ainda temos o que resgatar. Continuaremos a cometer erros, porque somos frágeis, mas há sempre uma oportunidade de crescimento, para que um dia encontremos, definitivamente, a luz. Bjs.

Maria Rodrigues disse...

Lindos versos Samuel.
Um abraço
Maria

Rute disse...

Oi Samuel, muitas vezes o erro fazem , as pessoas a reportar ao passado. Por isso , não tem jeito se planta bem, colhe bem, se planta mal colhe mal.
ótima reflexão.
Beijos de boa noite

Dorli disse...

Oi Samuel,
Sabe que nós podemos ter o que queremos? Principalmente em relação ao amor ?
Um lindo dia para você
Beijos
Lua Singular

Marina Scholze disse...

Adorei, muito bom, super haver com o que acredito :) parabéns!
Bjos
http://marinascholze.blogspot.com.br/

allmylife disse...

Parabéns pela escrita! Muito boa para reflexão.

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Fenomenal,Samuel.

Verdades e verdades.Vc se superou nesse soneto!

Amo seu blog,querido amigo.

Desculpe a demora,mas estou com problemas de conexão ruim.

Beijos e ótima semana


Donetzka

Joana disse...

Dizer o que?
Sou tua fã, pessoa linda!

Bom dia, Samuel :)

Todas as Letras por um Tom disse...

Da vida, o que fazemos dela? Ações sobre ações e a busca por ser cada dia melhores. Imos e voltamos, lapidados pelo tempo.

Abraço, bom final de semana!
http://todasasletrasporumtom.blogspot.com.br/

may lu disse...

Boa noite querido! Da vida se colhe o que se planta... Gosto dos teus versos! Há sempre um toque, um conselho, um despertar neles. Tenha um iluminado final de semana!! Beijos

ღ Miih...ღ disse...

Olá meu querido Samuel, saudade de visitar teu cantinho.

Vc como sempre poetizando de forma brilhante.

Então, eu actedito aquela história, aqui se faz , aqui se paga.

beijos meus

Bandys disse...

Passei para deixar um beijo com carinho.
Feliz domingo

Lindalva disse...

Bom diaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa meu donzelo.... Estou contigo na Rede :-)

Cristina Cebola disse...

Olá Samuel!

Muito grata pela visita.
Passei pelo seu blogue e fiquei fascinada com os poemas e com os temas abordados.
É bom que se reflicta sobre determinados assuntos, que nos permitem crescer e evoluir como seres divinos que somos.
Abraço amigo.

Vou adicionar-me à lista de seguidores

Sissym Mascarenhas disse...

Samuel

estou dodói, por isso meio ausente.

bjs

MARY AM disse...

Olá,Samuel! Como vai?
Estou vindo direto da REDE da Sereia pra conhecer seu trabalho!
Vc escreve neste Poema sobre um tema por muitos temido...,a morte ,ou melhor ,o depois da morte... Mas é um tema que me atrai, pois não temo a morte e tb acho que temos nossa missão aqui, em vida!
Belo Poema! Parabéns!!!
Abraços, Mary Am.

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Oi Samuel, estava vendo uma mensagem de junho do ano passado e encontrei um lindo comentário seu, lá no meu blog de mensagens espíritas psicografadas, ali eu não sou autora de nada, sou apenas a caneta, a máquina de escrever. Então pensei nossa faz tempo que não vou na casa do Samuel e corri pra cá, e olha só o que encontro uma bela mensagem em forma de versos, nos ensinando e relembrando o porquê de estarmos aqui, parabéns eu adorei, abraços Luconi

Fernanda Bender disse...

Oi Samuca! Regressão deve ser algo interessante de fazer, mas acho que deve se usar muita cautela. Tudo de bom por aí, um abraço!!

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Maravilha,Samuel.Essa regressão ocorre quando estamos a um passo de mudar desse plano para outro e até nas experiências de quase morte.Belo seu soneto e realista.

Obrigada pela visita,meu anjo.

Beijos e uma semana de alegrias

Donetzka

Face Book:


https://www.facebook.com/donetzka.cercck


Blog Magia de Donetzka



Rafaela Sena disse...

Lendo-te agora, percebi que estruturalmente teus versos assumem outras formas (também) de composição, não só de sonetos no que concerne ao termo formal da palavra, mas naturalmente ele deixa de ser uma forma fixa pra assumir novas possibilidades de poéticas... algo expandido aos montes no modernismo, e se isso no nosso contexto se chama estar inundado pela poesia contemporânea, só penso em uma coisa: mistério!... Mas comecei dando esta volta talvez porque estou com "medo" de comentar esta sua poesia ou talvez pelo simples fato de não saber comentá-la, mas pensei: se tanta gente comentou e todos se saíram tão bem em suas palavras que ora se dividiam em confissões ora em mensagens de carinho e admiração a você, porque eu não poderia? E é respondendo a mim mesma que comento seus versos...: viver é o maior mistério que eu conheço, saber quando, onde, em que momento ela verdadeiramente começou em nós é um labirinto. Viver é um mistério, e eu que vivi tão pouco, nem me atrevo a decifrá-la agora, mas me ouso a dizer que ela nunca vem pronta e que ter vida nos permite a renovação diária e a reconstrução interior de nossas falhas, desvios, caminhos, escolhas até que chegue o dia em que este ciclo se feche e partiremos para outro mistério.

Grande abraço Samuel, obrigada pela amizade. Até sempre.

Rafa