1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

E ASSIM É O AMOR

Tão sereno o amor nos olha...
Sentimento a nos render...
Nosso rostinho ele molha
Quando estamos a sofrer;

Tão tristinho o amor espera
Pelo nosso entendimento...
Vem e vai a primavera...
Só não vai o sofrimento;

Amor que vira ferida
Não cicatriza jamais...
Morrem os anos de vida
No coração cheio de ais;

O amor só quer ser amor...
Então deixe ele adentrar
No teu coração em flor
Desejando tanto amar;


35 comentários:

Ritinha disse...

Bom dia Samuel... e assim é o amor, desse jeitinho nobre que descreveu...
Bonita tradução desse sentimento tão procurado, vivido e sentido.
bjs e excelente semana
Ritinha

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Samuel

Adorei o teu poema... Muitas vezes me sinto assim...muitas mesmo! portanto identifico-me com ele!

beijinho
Um optima semana

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Dorli disse...

Oi Samuel
Deixou seu coração aflorar de amor nesse poema lindo.
Você é o cara!
Beijos
Lua Singular

Vera Lúcia disse...

Olá Samuel,

O amor é mesmo assim... Lindo o soneto.
Versos singelos que traduzem muito bem este lindo e surpreendente sentimento.

O blog está lindo.

Ótimo dia.

Abração.

Vera Lúcia disse...

Oi Samuel,

Escrevi soneto pela força do hábito. Ao invés de soneto leia-se poesia. Bj.

Fernanda Oliveira disse...

Ai Ti Lindo !

O amor é perfeito, mas em nós que somos imperfeitos causa dores sim !
Mas tudo passa...
E vamos que vamos amando e nos entregando a essa arte que é amar.

Amei ler- te amigo Samuel !

Beijos no coração !

Fernanda Oliveira

Vall Nunnes disse...

O amor somente poderá ser amor, assim como cada pessoa é o que é. E so pode dar aquilo que tem.
Meu querido que saudade de ti e dessa amizade que só cresce. Te espero sempre!

Bell disse...

Tardeeeeee

O amor qdo ele é correspondido é uma maravilha, mas qdo não é ou faz sofrer doí demais. Tem cicatrizes na alma que nada pode limpar.


Adriana Paz disse...

Amor é tudo isso,Samuel.Êxtase,alegria,uma miscelânea de sentimentos.

Lindo poema.


Obrigada pela visita e ótima semana que começa.

Beijinhos

Dryka

Face Book :

https://www.facebook.com/adriana.paz.505960



Blog Suas Histórias Nossas Histórias



Laura Santos disse...

Pois é, o amor só quer ser amor, mas tanto se comomplica por vezes, por isso tanto riso e tanta lágrima é derramada às suas custas...
xx

Sónia M. disse...

Que maravilha, Samuel!
Excelente!

Bom inicio de semana.
Beijo

Sónia

Nádia Santos disse...

Amei suas quadras cheias de ternura... deixemos o amor entrar... sempre! Bjão querido.

Daniel Costa disse...

Samuel é certo o amor só querer amor. O menos bom é nem sempre sermos correspondidos e temos de bater a outra porta.
Abraço

Ivone disse...

Lindo poetar amigo Samuel, o amor é o que inspira, viver para amar, é isso!
Abraços!

Crista disse...

Céus...quanta ternura nesses versos!!!!
Tomara que não seja só sofrimento!
Essa porta do coração tem que abrir!
Beijão,querido poeta!

Bandys disse...

Oi Samuel,
Tão singelo essa descrição de amor...
Que o amor cure qualquer sofrimento, lagrima ou dor
porque viver sem ele aí sim é uma dor.

beijos e uma noite cheia de estrela e lua

Bia Hain disse...

Lindo escrito, Samuel... o tempo e as vivências me fizeram aprender que não adianta lutar contra o sofrimento de um amor. Se for verdadeiro, estará lá para sempre! Então o melhor é deixar-se amar...
Um abraço!

MARILENE disse...

Samuel, é preciso, de fato, deixar as portas abertas para o sentimento chegar e se acomodar. Aprende-se a viver com as cicatrizes, quando ele machuca, mas são incontáveis as alegrias que proporciona. Bjs.

Jeanne Geyer disse...

lindos versos, e sem medo de amar! bjs

http://umanjotriste.blogspot.com.br/

Mariazita Azevedo disse...

Gostaria de partilhar contigo a minha postagem de hoje, dia 14/01/14, no meu blog A CASA DA MARIQUINHAS/
Desde já o meu “Bem hajas”!
Beijinhos
Mariazita
(Link para o meu blog principal)

Dorli disse...

Oi Samuel:
Um amor quando é verdadeiro nada o destrói( tenho uma postagem com esse título).
Que tenha um bom dia!
Beijos
Lua Singular

Fernanda Bender disse...

Muito bonito, Samuca!! O amor sempre rende vários tipos de poesias, geralmente lindas pois vem da alma e do coração... não existe sentimento mais poderoso que esse.
Desculpe a falta de tempo, mas consegui dar uma passadinha aqui. Um abraço!!

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Samuel. Ficou tão lindo este soneto, remeteu a uma coisa mais adolescente, angelical, me fez bem ao ler.
O amor passa por várias fases e eu descobri que não adianta querermos rotular o amor, ele não permite rótulos e nem fórmulas existem para defini-lo.
Cada qual o experimenta de um modo infinitamente particular.
Mesmo depois de tantas dores, de ais suspirados, amor verdadeiro não se dá por vencido, luta!
Cabe a cada um de nós o vivenciarmos como achamos que deve, mas sempre buscando a serenidade.
Beijos na alma e paz!
Tudo de maravilhoso, amigo querido!

Marina Scholze disse...

Que lindo! Adorei.
Abraço.
http://marinascholze.blogspot.com.br/

Marcos Satoru Kawanami disse...

Samuel,

Boas rimas.

=D
Marcos

Daniel Andre disse...

Boa noite amigão, tudo bem Samuca?
Rapaz, você detalha muito esse sentimento lindo e nobre, salve o amor, para todo o sempre ! As pessoas, as vezes tem mania de singularizar o amor, como algo poético, e aqueles que não sabem expressar em palavras, é taxado de frio etc... O amor é um leque, existe várias formas de demonstra-lo. E quando ele vier, deixe entrar.

Muito lindo amigo.
Um abraço,
Dan.
http://gagopoetico.blogspot.com.br/

Adriana Paz disse...

Samuel.Já comentei sua linda pérola.

Vim agradecer pela visita,querido amigo poeta.

Beijinhos e ótima semana

Dryka

Face Book :

https://www.facebook.com/adriana.paz.505960



Blog Suas Histórias Nossas Histórias



Leidiana Pereira disse...

Que lindos versos Samuel! ^^
O amor é tão bom e muito gostoso de se viver, mas com ele vem também o sofrimento e consequentemente as decepções... :(
Mas que é bom de se viver com o amor é viu? rsrs
Beijos. ♥

Diário da Lady

Clau disse...

Oi Samuel \o/
'E assim é o amor...'
Adorei, muito lindo cada verso.
Por medo de decepções,até podemos tentar fugir e trancar a porta do coração, mas estaremos nos privando de viver algo incrível.
Deixemos então o amor adentrar.
Bjs!

Tamires Cipriano disse...

Olá Samuel.
O amor né? Entra mais para sair ninguém tira rs. Adoro poesias e esta é linda!
O problema é mesmo o medo das pessoas, o amor é um sentimento único, mas este mesmo sentimento pode trazer tanto o caos quando a paz.... Vai depender de você também.
Beijos.
http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

Mel Santos disse...

Bom dia Samuel!
Vim retribuir a visita, e olha só, gostei muito de seu blog, tenha certeza que retornarei ... O amor, a vida e a morte, são complexos demais para tentarmos entender, cada vez que não dá certo, falamos a nós mesmos que não mais, porém ao aparecer um "novo objeto" do amor, lá estamos, amando e sofrendo de novo, e assim será sempre... Ainda bem que temos a poesia para extravasar... Um beijo enorme!

http://poesia-de-mel.blogspot.com.br/

Cecília Romeu disse...

Samuel, definitivamente tua poesia é imensa!
Teus versos, inevitavelmente, me remetem ao ´período do romantismo brasileiro.

Beijos!

Celia Lima disse...

Adorei!
Gosto muito de poesias!
Elas tem o poder de acalmar meu coração e essa foi como um presente...

Bjssss

Lu Nogfer disse...

Pois é né? "O amor só quer ser amor..." Ainda que qdo nao correspondido deixa uma tristezinha rondando sempre, mas por outro lado, faz transbordar suspiros de alegria, independente do que o outro sente...Ou seja: amar é sempre bom!
Delícia mesmo é te ler! To indo no post atual.

Até!

Rafaela Sena disse...

O amor é coisa feita do nada
vem não sei da onde
brinca de esconde
O amor brinca de amar a coisa amada...

Parabéns meu querido pelo olhar singelo sobre o amor, ele que é tão milenar e tão contemporâneo ao mesmo tempo, com tantas formas... grande abraço! até!