LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

domingo, 10 de setembro de 2017

QUANTAS NOITES

Quantas noites criança,
Sonhei com o teu sorriso.
Até embalei a minha esperança
Nas flores do paraíso.

Teu perfume de púrpuras flores,
É espalhado pelo vento,
Que sopra cheio de amores
Pela noite do céu contento.

Branco véu que cobre teu olhar,
Branco como as estrelas
Cadentes no céu a fulgurar,
A cobrir lindas donzelas.

É uma noite mágica de luar,
Nos teus olhos uma luz brilha.
É a luz da lua que tocou no mar,
E desmaiou na perfumada trilha.

Nenhum comentário: