LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

sábado, 13 de outubro de 2018

NOVO DIA

Novo dia reluz incomparável,
Aos nossos olhos cheios de esperança.
A vida se faz vida no saudável
Correr dos tais ponteiros sempre em dança.

Exale os ares da manhã amável,
Mergulhe no sorriso de uma criança,
Onde a pureza se faz tão afável,
Onde a vida é bem mais que uma lembrança.

6 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Maneiro, bem ritmado e rimado.
Gostei.

Gracimar Martins disse...

Bom dia Samuel! Belíssimo poema. Que maravilha despertar sorrindo e feliz com alegria de viver.
Um feliz e abençoado Domingo.
Abraço.

Larissa Fonseca disse...

Que tenhamos um dia lindo - o meu já começou bem e ficou ainda melhor com a leitura do seu poema!

Abraços, Samuel!

Carol Russo S disse...

Querido Samuel, saudades de te ler

Belo poema, como sempre, me encanta teus escritos! Ótimas rimas e reflexão.

Tais Luso disse...

Uau, que blog que está show!! Mudou as cores, não tinha visto!
Quanto ao poema, meu querido amigo, bota otimismo nisso, estamos precisando de novo dia, novo ano, novos desafios... às vezes as coisas ficam banhadas em melancolia, tão 'chochas'! Gostei do Novo Dia!
Um beijo, Samuel!!

Bandys disse...

Ola Samuel,

A esperança sempre é a
primeira que nasce,
Recomeçar a cada dia
com a certeza que dias melhores virão,
beijos