LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

CÂNCER

Câncer não é um castigo...
Nem uma doença incurável;
É ressentimento antigo
Corroendo o corpo mutável;

As lembranças negativas
Provocam desarmonia...
Nas células antes vivas...
Já mortas sem alegria;

Não arraste suas mágoas
Dentro do seu coração...
Seja um barco sobre as águas...
Navegando em gratidão;

Não sinta raiva jamais...
Ela é um veneno forte
Que leva tantos mortais
Na carruagem da morte;

Apenas perdoe, o perdão
Deve sempre acontecer...
Por ser a liberação
Do câncer que quer viver;

Liberte-se do passado...
Construa um novo castelo...
Faça do teu corpo amado
Um templo límpido e belo;

A cura é o pensamento...
É o sorrir para a vida...
Não esqueça o sentimento
Que cura toda a ferida;


66 comentários:

silvioafonso disse...

.

Câncer não é doença. Libra não é balança.
E se o corpo não se anima a gente deixa
de ser criança. Criança de colo, de jogo de
bola e de gude. Criança pobre, negra e bonita,
criança magra, forte, robusta. Moleque de
qualquer raça que não bebe e não come;
degusta.
Gente pequena, criança levada. Menino ou
menina assanhado que rola na grama sem
medo, pecado e grana, e quem achar que
libra é balança, há, meu caro. Aí é que
você, com certeza, se engana.

silvioafonso,

(mais palhaço que qualquer coisa).





.

Ritinha disse...

"Clap, clap, clap" (aplausos)
Toda cura vem do pensamento firme e forte.
Alivia a alma dolorida e faz com que a vida tenha sentido em se lutar por ela.
Sempre pensei assim!
ADOREI!!!!
Parabens!
bjs
Ritinha

nelma ladeira disse...

Lindo Samuel,você falou tudo com poucas palavras.
A magoa ela só trás tristezas e tristezas trás as doenças.
O nosso cérebro é quem manda...É o poder do pensamento.Nada melhor que deixar pra trás tudo que te incomoda,e esquecer do passado,e viver o presente.
Obrigada pelo carinho,um lindo dia beijinhos.

Bell disse...

oi Samuel

perfeita reflexão, somatizamos tantas coisas e o corpo responde a tudo isso com doenças.

tenha um lindo dia =)

Dorli disse...

Oi Samuel,
Sua poesia vem de encontro a tudo que pensei: por que os índios não tinham câncer?
Essa doença maldita é fruto deu uma grande depressão e angústia e ninguém é imune a ela, pois se somos bons demais as pessoas aproveitam da nossa bondade e o ódio toma conta.
Um beijo
Lua Singular

Lari. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lari. disse...

"A cura é o pensamento"... Sim, com toda a certeza! É o que sempre digo: a vida é aquilo que a gente "enxerga" dela, por isso devemos sempre tentar encontrar poesia nos pequenos detalhes e tirar proveito até dos momentos ruins.

Beijos ♥ Jeito Único

Vera Lúcia disse...

Olá querido Samuel,

Em primeiro lugar, muitíssimo grata pelo belo soneto. Como você já teve oportunidade de ver, quebrei a rotina de minhas postagens somente para publicá-lo, pois não poderia deixar de partilhá-lo ainda quentinho, saindo do forno-rs. Como dizem alguns mineirinhos, 'amei demais da conta, ué'-rsrs.
Obrigada pelo carinho, de coração. O soneto ficou lindo demais.

Quanto aos seus versos, retratam de uma maneira verdadeira os malefícios que chegam ao corpo físico em razão de uma alma doente de mágoas, rancores e tristezas.
É preciso libertar-se desses sentimentos negativos através do amor e do perdão, instrumentos que trazem paz e leveza ao ser.

"Sejamos barco sobre as águas...Navegando em gratidão".

Parabéns por esta bela inspiração, lindamente colocada em versos.

Mais uma vez, obrigada, amigo.

Beijo.

ᄊム尺goん disse...

[ a gente complica e sofre]

beij0

Laura Santos disse...

Não vou botar defeito no poema que está perfeito, carregado de positividade e belíssimo, porém gostaria de dizer que nem sempre o navegar em gratidão e o pensamento forte são sempre cura. Mas concordo que tudo o que a vida traz tem de aceitar-se.
Minha mãe faleceu de cancro aos 43 anos e se havia pessoa com pensamento forte e positivo era ela.
xx

Ivone disse...

Samuel, ótimos versos elucidativos sobre uma doença que se não é a que mais mata é a que mais faz sofrer, se a pessoa não tiver um bom equilíbrio mental para ser forte e reagir, sofre mais ainda, até em medicina, estudos atribuem as causas pelo fato de pessoas viverem magoadas, portanto se não é a causa principal as mágoas, só fazem piorar, então quem ler e precisar dessa ajuda aqui estás a ajudar com esse poema que é mesmo uma ótima contribuição, que todos os que sofrem dessa doença possam ler aqui e sentirem a força que quisestes passar!
Abraços apertados menino querido!

Marcos Satoru Kawanami disse...

maneiro. =D

Daniel Costa disse...

Samuel, duma maneira geral, o câncer não é incurável e o belo poema é uma ode à esperança. No entanto há casos, congenitamente mortais.
Abraço

Larissa Bello disse...

Não só o câncer, mas acredito que quase todas as doenças são criadas por nós mesmos através de sentimentos e emoções mal resolvidas.

Bjos!

Cidália Ferreira disse...

Boa noite Samuel
Lindo...mas muito sensível.


beijinho

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Clau disse...

Oi Samuel,
Câncer, não é um castigo, mas parece uma praga.
Nunca vi tanta gente contrair essa doença.
Sabe-se que os motivos são muitos.
A raiva por exemplo, causa uma grande inquietude interior,
impossível não senti-la, mas que seja só por um minuto...
Ótima postagem!
Bjs!

Paloma Viricio disse...

Que lindo seu poema, gostei bastante. Amooo poesia. Vi seu link no Blog da amiga Vera e não me arrependi de te visitar. Parabéns pelas palavras. Se quiser fique á vontade para me visitar também.
Beijos!
Paloma Viricio-Monólogo de Julieta.
P.s.:Desculpe a ausência. Primeiro viajei e depois fiquei com o acesso da internet precário, mas agora estou de volta com a corda toda.

Joaninha Musical disse...

Sinto muito pelas pessoas que morrem dia-a-dia com cancro. Eu já conheci três pessoas queridas da minha familia a morrerem com essa doença,uma delas minha sogra que morreu com cancro nos rins,fez dia 19janeiro sete anos. Depois conheci a irmã de uma namorada de um dos meus primos que morreu com cancro da mama aos 18anos. De seguida,morreu um grande amigo da familia do meu pai tambem com cancro no pulmão,era um excelente homem. Eu sinto muito por estas pessoas,mas,com certeza,que são estrelinhas a brilhar no céu. Excelente poema que aqui fizeste,meu querido amigo Samuel. Feliz ano de 2014 para ti,muitos beijinhos,fica com deus e até breve!! http://musiquinhasdajoaninha.blogspot.pt

ReltiH disse...

UN TEXTO MUY OPTIMISTA. LLENO DE ESPERANZAS Y DETERMINACIÓN.
UN ABRAZO

Tamires Cipriano disse...

Olá Samuel.
Primeiramente obrigada pelo carinho enorme de sempre quando passa no blog rs.
São sempre poesias belas!
Conseguiu expressar uma bela forma de evitar a doença com metáforas e lindas palavras, neste mundo de hoje é assim, stress vemos muito... Ai um acorda de mau humor, joga em outro e assim por diante, mundo mudar quando?
As pessoas não sabem o que é melhor, sorrir e viver com calma e em paz, perdi parentes assim...
Enfim, lindas palavras como sempre!
Abraços!
De tudo um pouco da Thá

Leidiana Pereira disse...

Lindos versos Samuel!
E concordo com ele, a pessoa tem que saber perdoar, saber amar e cuidar do corpo, do sentimento e do espírito, senão essa terrível doença vem, porque a pessoa guarda muitas coisas ruins dentro dela...
Beijos. ♥

Diário da Lady

Celia Lima disse...

Sempre soube disso Samu, que a raiva, a ira, nos causa doenças...É claro que não tão bem versejado como vc nos transmite e assim fica tão bem mais fácil...Tão mais bonito!
Mas as vezes menino poeta é tão difícil lidar com as tristezas, a ira... Posso matar os meus sonhos,a minha saúde etc somente com a ira,raiva, tristeza porque em quanto estou pressa em meu mundinho de tristeza, de melancolia estou deixando de viver apenas estou existindo.

Bem menino é isso o que penso desculpa a extensão mas seu soneto me fez viajar mais uma vez .
Aproveito a oportunidade para agradecer suas visitas em meu blog, te fazer um convite para participar da festa da Ilha da Lindalva posso contar com vc posso? Esse é o passaporte da Lindalva para vc participar da festa.http://anos-da-ilha.blogspot.com.br/
Te espero lá hein! Pode levar a bola de gude já que com 15 anos era o que vc jogava e eu tbm amigo! rsrsrs .
Bjsss

Bjssss

Ana Cecilia Romeu disse...

Samuel, tudo bem?
Concordo e penso a mesma coisa a respeito do câncer, e achei de uma inteligência enorme você conseguir colocar em versos isso, sobre um assunto delicado.

Agradeço muito pelo teu comentário por lá. Tão belo quanto teus poemas!

Beijos!

Zilani Célia disse...

OI SAMUEL!
UMA INSPIRAÇÃO E TANTO, NOS LEVANDO A REFLETIR, POIS O QUE DIZES EM FORMA DE VERSOS É TOTALMENTE VERDADEIRO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Bruxa disse...

Bom dia meu querido amigo!
Fiquei encantada com teu poema, pois sempre acreditei que o câncer é doença dos sentimentos (todas as doenças são assim - o corpo gritando). Infelizmente, a raiva, amargura, dor estão presentes no dia-a-dia, mas o perdão é a cura pra tudo. Eu sou assim: deixo tudo ir, Jesus no coração e um dia depois do outro, afinal é sempre um presente. Meu barquinho tá sempre flutuando.
Parabéns!

Quanto à musiquinha no blog, eu já estava pensando em tirar desde o final do ano passado, pois tenho problemas com outras configurações. O seu recadinho só decidiu a minha dúvida - agora ficará melhor (assim espero).

Abração esmagador e até sempre.
Bom final de semana.

Carla Fernanda disse...

Já li sobre isso e vc fez belos versos com isso.

Beijos Samuel!

Anne Lieri disse...

Um colega trovador! Maravilhoso seu poema e um tema delicado que desenvolveu lindamente! bjs e bom fim de semana,

Gyzelle Góes disse...

Eu acredito que a tristeza também influencia. Gostei do seu jeito bonito de poetizar um tema tão sério.

Gabriela Becker disse...

Olá, Samuel! Novamente venho agradecer o comentário em meu blog, e é claaaro que eu permito que faça um soneto para mim, vou amar!
E como sempre, achei liiinda essa poesia! Você sempre encantando com palavras bonitas.
Beijos querido.

Dorli disse...

Oi Samuel,
Passando para lhe desejar um bom fim de semana.
Um beijo
Lua Singular

Rovênia disse...

Com certeza, causamo-nos doenças! Perdoar pode não curá-las, mas nos dá a paz que precisamos. Ótimo fim de semana! :)

Adriana Paz disse...

Maravilhoso e verdadeiro,Samuel.

O mais lindo de seus poema para mim.

Já foi comprovado cientificamente que ódio,mágoa,tristeza e outros sentimentos negativos provocam o câncer.

Ele é uma ferida na alma.


Obrigada pela visita,linda sexta e fim de semana

Beijinhos

Dryka

Face Book :

https://www.facebook.com/adriana.paz.505960



Blog Suas Histórias Nossas Histórias



Nanda Pezzi disse...

Parabéns pelo lindo poema Samuel! Você tem o dom da escrita ;) Concordo com tudo o que vc traduziu em forma de poema...!

Obrigada pela visita em meu blog e dicas e palavras de conforto.

Grande abraço

Nanda Pezzi

*Mirtes* s2 disse...

Olá Samuel, tudo bem?
Um ótimo 2014 para você ( desculpe pelo atraso rs)

Muito bom o seu post!
Realmente temos que tomar muito cuidar com as nossas emoções, ela geralmente se mal administradas se manifestam em nosso corpo em forma de alguma doença.

Por isso devemos sempre tentar viver felizes e com harmonia.

Bom final de semana!
beijos

www.vaidadeemaquiagem.blogspot.com

Rita disse...

Olha eu adorei , uma grande lição
de vida em cada palavra em cada verso
Poema lindo mas bem instrutivo, ensina
a gente a ficar bem com tudo e com todos
P.A.R.A.B´.E.N.S

Abraços de final de semana

└──●► *Rita!!

Cris Bo disse...

Creo que lo más importante es tener una visión positiva de la vida y pintar de colores el corazón, aunque algunas veces factores externos nos entristezcan.
Preciosas letras Samuel, te deseo un hermoso fin de semana.
Un beso.

http://sombriabelleza.blogspot.com/

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Olá Samuel!
Vim pelas mãos da Vera Lucia, que om que ela me troxe até aqui.
Voltarei sempre, vou mostrar ao meu marido e com certeza ele também virá.
Um abraço e parabéns por seu lindo poetar.

Rosi Alves disse...

verdade!

José María Souza Costa disse...

Olá, tudo bem ?
Hoje é feriado na Cidade de São Paulo - Brasil. Uma cidade onde tudo é longe, e tudo é perto, ao mesmo tempo. Ainda assim, uma selva de pedra, acolhedora e agradável, ao olhar poético.
É com este espírito, que lhe saúdo, desejando, um fim de semana muito bom.
Abraços.

Mary disse...

Samuel, sem duvidas , magoas assim como todos os sentimentos negativos são uma porta aberta pra varias outras doenças.
O câncer é uma das piores doenças, na minha opinião, ela corrói a carne e aos poucos seu tratamento acaba matando as células sadia, Um diagnostico de câncer acaba as esperanças de vida qualquer ser humano.

Pode ser que não seja um castigo, pois se fosse assim as crianças não perecia desse mal, mas é uma desgraça que dia após dia vai matando, sem dó nem piedade!


Bjo meu amigo!

Bia Hain disse...

Oi, Samuel! Ótimo poema. Tenho a crença de que grande parte das doenças que carregamos são reflexos de sentimentos que guardamos e nos corroem por dentro.
Perdi duas tias muito queridas para o câncer, pessoas maravilhosas, e fico triste quando penso o quanto foram magoadas para terminarem assim. Nesse sentido busco muito aliviar meu coração sempre que estou triste. Um abraço!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi amigo Samuel,como é bom ver você falar em forma poética sobre o câncer.Muitas pessoas tem medo até em pronunciar a palavra e não podemos agir dessa forma e sim aceitarmos o que nos for destinado.O câncer quando pego no começo e tendo o tratamento adequado é praticamente curável.
Adorei.
bjs
Carmen Lúcia.

nelma ladeira disse...

Vim agradecer a sua presença,em meu cantinho.
Agora eu não sei informar se a luana recebeu o soneto.
Vou ligar pra ela.
Um lindo fim de semana beijinhos.

Evanir disse...

Com muito carinho venho deixar um abraço
desejar um feliz final de semana beijos da amiga e fã,Evanir.

Elisa T. Campos disse...

Samuel
Maravilhosos versos que servem para reflexão.
Amei.
Bom final de semana.
bjs.

Maria Ferreira disse...

Que poema tocante!
Realmente, quando não perdoamos alguém, ou ficamos chateados por algum motivo, sentimos como se estivéssemos com uma doença, nos faz mal...
Vou pensar melhor quando quiser guardar mágoa de alguém...

Lu Nogfer disse...

A pior coisa que existe na lembrança, é ressentimento, nao é mesmo? Se todos soubessem o mal que causa não guardariam.

Profundo o teu poema Samuel e cheio de aprendizado.Até me fez recordar os tantos assuntos que conversamos no gmail. Um papo construtivo,nao é mesmo? Saudades da gente por lá!

Beijos, meu amigo!

Joana disse...

Digno de aplausos! Tens minha admiração e meu carinho. Beijão Samuel!

Rosemary Lima disse...

Verdade Samuel. A gente precisa entender que negatividade atrai negatividade e que pra ser feliz de verdade a gente precisa ignorar muita coisa!

Ótimo domingo!
Beijos

Orvalho do Céu disse...

Olá, Samuel
Tive casos na família... sei bem que vc tem toda razão em poetar sobre o tema como o fez.
Abraços fraternos

Dorli disse...

Oi Samuel,
Passando para lhe desejar um feliz domingo.
Beijos
Lua Singular

Nal Pontes disse...

Forte, mas é pura verdade! bjss

Aline Teles disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aline Teles disse...

É difícil falar sobre esse assunto no momento, pois tu sabes que tem alguém da minha família passando por isso. Além do mais, também perdi pessoas bem próximas na família por causa dessa doença. Mas eu não posso negar: tu tens razão. A gente precisa seguir a vida de forma leve. Os sentimentos negativos não fazem bem para alma e nem para o corpo. Beijos.

Maria Luana disse...

Boa tarde Samuel,como vai?
A Nelma me ligou dizendo que você perguntou sobre o soneto.
Amigo querido,eu ainda não recebi.
Achei que você havia esquecido,mas vejo que não.
Verifica o meu e-mail pra vê se está certo.Beijos.

may lu disse...

Belo!! Certamente tudo que nos corrói é um tipo de câncer... Seja na matéria ou no espírito. Amor e perdão são os antídotos que devemos ter em mãos, na alma e coração.
Muita paz, luz e amor em seu coração!! Beijos

odair Ribeiro disse...

Visitando, conhecendo, vou volto, abração!

MARILENE disse...

Sentimentos ruins, alimentados e guardados, provocam doenças, realmente. O corpo sofre para o aperfeiçoamento do espírito. Bjs.

Alice disse...

Muito bonito e quase feito para mim...
Abraço

Daniel Andre disse...

Boa tarde Samuca, tudo bem amigo ?
Espero que sim. Tive a sorte de ler quase todas as suas obras, essa em especial me tocou muito. Você não estava sozinho. Anjos guiaram suas mãos, para nos fazer refletir diante das mágoas, e outros sentimentos nocivos a nossa carne. Somos o que pensamos não é ? Já passei por muitas situações desagradáveis (infância e adolescência), mais ficaram no passado. Hoje, eu tento fazer dos meus dias, um mar de positividade e novos conhecimentos.

Grande abraço amigo,
Fique na paz.
Dan
http://gagopoetico.blogspot.com.br/

Sónia M. disse...

Além de ser uma doença que corrói o corpo, quando li o poema fez-me lembrar, que tanta mágoa, raiva e ressentimento vai sendo o "câncer" que atualmente corrói a nossa sociedade... Muito bom, Samuel. Gostei muito.

Beijo

Sónia

Vall Nunnes disse...

Ao mesmo tempo que descreves a doença,incentivas os bons pensamentos; uma indispensável dose de alegria diária nunca fará mal.
Beijo meu príncipe!

Rafaela Sena disse...

Quero ter esta essência de fazer das manhãs as gotas de vida que sustentam os dias findos...
Recolher as tristes vestes de estradas pueris...
Bordá-las em meu peito e surpreender meu destino com a surpresa de ter vida.

Olá meu querido poeta, me falta palavras pra falar sobre tem a tão dolorido quanto este, conheço bem esta estrada... mas antes que a vida nos surpreenda, façamos isso primeiro, e vamos vivendo, sede de vida é o melhor remédio pra alma, pro coração... bom estar de volta e reencontrá-lo, fique bem e até sempre!

Tais Luso disse...

Olá, Samuel, andando pelo seu blog dei nesse poema lindo. Acho, sim, que mágoas, raivas e todo o tipo de incomodação, de inquietude traz alguma consequência ruim, seja um câncer, um AVC, um enfarto. Traz; na minha família aconteceu e bem em cima do fato. E em outras famílias tenho notado o mesmo. Onde não há a harmonia, impera a desordem do nosso sistema todo. Gostei do poema pela harmonia e veracidade.
Beijo, amigo, uma linda semana!

Edna Sa disse...

É bem isso, pois muitas vezes não conseguimos controlar nossas emoções e nos falta equilíbrio, e existem muitas pessoas que escondem e disfarçam bem o que sentem, por não querer preocupar ninguém, já outras são mais transparentes, sei que nossa luta interior é bem complexa, e nesse poema falaste só verdades e realidades difíceis de serem encaradas, assumidas e transformadas, mas não impossíveis! Ler seu blog é uma forma de alegrar a alma.
beijinhos...

Lady Viana disse...

Samuel, equilibrar o corpo e a alma, para que ambos estejam em harmonia, uma tarefa difícil... Dizem que o câncer é a doença da alma, acontece quando a alma adoece, não sei ao certo, sei apenas que há de se ter, muita coração para enfrentar tão mal e vencer, uma força de vontade incrível de se viver. Beijo.