LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O CASAMENTO PERFEITO

Que casamento perfeito...
Nunca vão se separar...
É um amor todo feito
De torpedos a chegar;

Tal como um robô chipado
Está o humano fraterno...
Passa o dia hipnotizado
Pelo celular moderno;

Batem fotos, tem joguinhos...
Muitos parecem crianças...
Brincando nos brinquedinhos
Com as mortas esperanças;

Briga mesmo, só de chips...
Ou pelo modelo novo
Lá nas vitrines mais Vips
Esperando pelo povo;


61 comentários:

André P. Duarte disse...

Uau. Muito bom!

Ivone disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cidália Ferreira disse...

Fantásticos versos, Samuel
Muito realistas, gostei muito :-)

Tem uma excelente semana.
Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Bell disse...

oi Samuca

Eu tenho raiva de estar com alguém e a pessoa só estar no celular.
Chamo atenção, sou grossa pq acho falta de educação.


uma linda semana pra vc =)

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Samuel,casamento hoje em dia pode ser que seja dessa forma,mas o meu já foi bem diferente.rsrs.
Adorei.
Obrigada pela visita e comentário.
bjs e um ótimo inicio de semana.
Carmen Lúcia

Lívia Apetitto disse...

Olá Samuel!!!

No meu tempo de namoro,
nada tão complicado assim,
você nem existia, ano 78,
as querenças eram mais afins...

A tecnologia abrupta fez avanço
no pensar fácil fez-se complicado
ao mundo um pescoço de ganso,
engendrando na natureza no trato...

Minguou o tempo do mundo,
despertando a preguiça,
fez surdos gerando mudos,
numa praticidade desmedida...

O alô também acabou,
mãos gesticulam teclados,
como a acenar um tchau,
ninguém bem, todos maus...

Família virou transeuntes
debaixo de um mesmo teto,
pouco se olham, isto é fato,
sem cruzadas direto e reto...

De grandes viramos micro,
de lamentar tanto horror,
nas ruas desconhecidos,
títeres do mundo, robô...

Acabou-se o casamento,
e como dizes da perfeição,
chips acasalam pensamentos,
poucos são os que usam o coração...

Meu maior prazer é vir aqui,
embebo dessa fonte que é tua
sóbria é a minha alegria de vir,
com seu fado precioso de Lua...

Beijinhos meu querido,
como é bom te receber na minha
casa...

Livinha

Ivone disse...

Meu amigo muito querido Samuel, cometi uma gafe imperdoável, mas como és meu amigo, com certeza já me perdoou, troquei seu nome porque estava comentando nos blogues dos meus amigos assim como você, sem perceber troquei seu nome.
Mas foi bom que me alertastes, tomarei cuidado nesse quesito tanto quanto a atenção que dou ao ler as postagens!
Amei ler esse poema que, se não fosse real diria que parece surreal, tal coisa acontecendo hoje em dia, é mesmo assim meu amigo poeta sensível!
Obrigada sempre pelo seu carinho lá no meu espaço, és uma das pessoas que mais prezo e sabes disso!
Abraços apertados e tenhas uma linda semana.

ღ Miih...ღ disse...

Bom dia meu amogo Samuel, qto tempo não passo por aqui né?!
Estava c saudades de te ler.

vc como sempre arrasando.
Poetizou magnificamente a nossa realidade.

Beijos meus, meu querido.
uma mega semana p ti

Bruxa disse...

Bom dia, Samuel!
Impossível não se chocar com a realidade ao ler seus versos. Pena, como sempre penso, que quem deveria ler e mudar, não lê tanta coisa útil como essa.
Também amei o poema da Livinha, vou voar por lá.
Abração esmagador e ótima semana.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Jamais poderia ter um amor desse tipo. Sou burra em tecnologia.
Gostei muito dos seus versos, Samuel.
Beijos,
Renata

Vera Lúcia disse...

Olá querido Samuel,

A ironia dos versos dá a eles uma pitada maior de charme-rsrs. Gostei.
É verdade. Incrível como o ser humano pode se deixar dominar por um aparelho, desejando-o cada vez mais sofisticado, sem perceber que tal aparelho afasta-o cada vez mais do convívio com os amigos e das pessoas que amam. Chega a ser ridículo ver as pessoas em grupos e cada um focado em seu aparelho de última geração. Não há espaço para interação. Um dia, talvez, poderão lamentar pelo tempo que deixou de desfrutar com os entes queridos por causa de seu belo e inovador aparelho. E segue a disputa pela posse do melhor celular... Triste realidade!

Ótima semana.

Beijo.

Dorli disse...

Oi Samuel,
Eu sou mulher a moda antiga, não ando de celular, temos 2 carros e uma moto; ando à pé e não marco hora pra chegar. Nem sei como fui querer blog. O dia que me encher....Bau...Bau.... Ficam só os e-mais para matar a saudade.
Beijos
Lua Singular

Laura Santos disse...

Belos versos, Samuel, muito verdadeiros!
É o celular e o facebook!...;-)
xx

Elyane Lacerdda disse...

Lindo poema;irônico e trágico!
Muita sutileza em levar a sua mensagem verdadeira!
Ótima semana, amigo!
bjus coração
http://www.elianedelacerda.com

Bandys disse...

Oi samuel,
Escrevi um monte e sua caixinha comeu meu coment. rss.
Esse consumismo eu acho de ignorancia enorme.
Embora eu tenha cel e face não sou daquelas que fica o dia inteiro
na tecnologia. Não sei se viuum anuncio de alguma marca de carro
que colocou um grupo no cinema... então eles começam a assistir
o filme. De repente todos os celulares tocam e todos param pra olhar,
é justamente ai que acontece um acidente. Muito legal.
Um grande beijo
ps. respondi vc la. :)

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Meu amigo teu poema inteligente e irônico nos mostra exatamente como vivemos nos dias de hoje, apesar que eu não uso celular pra isso, no cel. nem internet tenho, o uso para o fim de falar com alguém quando esta pessoa não tem um fixo, ou para emergência na rua isto se eu o levar, raramente o levo, mas ando já ressabiada com este povo que até em visitas ou reuniões de amigos não saem dele, o tristeza, bjos Luconi

Clau disse...

Oi Samuel,
Muitas pessoas esperam ansiosas pelos lançamentos
de celulares.
E essa epidemia atinge todas as classes sociais, independente de cor, idade, etc.
Em todos os lugares só vemos humanos, que realmente
mais parecem robôs.
Muito bom e atual seu texto.
Uma crítica inteligente.
Bjs!

Mariangela disse...

Oi Samuel!
Que boa mensagem, e muito certeira!
Como manter um relacionamento assim? Não dá ...isso virou doença. Todos devem se policiar.
Um abração, amigo. E uma feliz semana!
Mariangela

Marcos Satoru Kawanami disse...

É parecem hipnotizados, alisando o celular.

Carol Russo S disse...

"Vidas" valem menos do que "celulares", me parece, por exemplo.
A tecnologia está nos substituindo a passos velozes, caminhando para um abismo aberto por nós mesmos. Triste!
Ótima reflexão, querido Samuel.
Tenha uma ótima semana, uma boa noite e se cuide. Beijos.

Aline Teles disse...

A sua crítica foi bastante pertinente. Hoje as pessoas preferem se comunicar através de um aparelho ao invés no "olho no olho". As pessoas estão preenchendo as suas vidas vazias de afeto por qualquer novidade. É uma triste realidade. Beijos.

Roselia Bezerra disse...

Olá, Samuel
E o diálogo não atinge o coração...
Tudo é virtual no real... que pena!!!
Abraços fraternos de paz e bem

MARILENE disse...

As máquinas estão a merecer maior afeto que os próprios seres humanos. E se tornaram sonho de consumo que não se extingue, eis que, a cada novo lançamento, aumenta a cobiça. Muito boa sua crítica, Samuel. Bjs.

Nanda disse...

Cada mês sai um modelo novo de celular, e tem gente que fica doida por ter sempre o último modelo. No fim se apaixonam literalmente por essa tecnologia e deixam de lado coisas mais importantes.Tem gente que comporta a vida inteira dentro do celular... uma loucura.
Tenha um ótimo dia, Samuca!! Beijos!

Dorli disse...

Oi Samuel,
Obrigada pelas felicitações
Tô ficando velha, mas vivi um juventude gostosa e sem violências.
Beijos no coração
Lua Singular

Nanda Olliveh disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nanda Olliveh disse...

Olá amigo Samuel!
Sempre que posso, venho te visitar, e fico surpreendida com sua diversidade na escrita.
O que descreveu, é uma grande verdade em nossos dias atuais.
Fico imaginando aonde tudo isso vai parar. Porquê todas essa novidades nos hipnotizam, se não estivermos atentos, a tecnologia nos rouba a nossa humanidade. Entende?
Ao mesmo tempo que ela une, separa. Como tantas coisas existentes.
Nesse caso, é preciso ter equilíbrio.

Gostei muito de ler-te!
Beijos no coração!
Obrigada pela visita!

Rosemary Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosemary Lima disse...

Adorei samuel
As pessoas estão literalmente casando com seus whatsapp, facebook, instagram... virou febre, virou vicio, a famosa ''modinha'' da modernidade atual.

beijos ótima semana

Malu Silva disse...

Olha Samuel, por conta disso restam poucas relações reais e verdadeiramente vividas.
Rapidamente lhe conto como andam as coisas...
Meu pai, depois de quase dois anos se erguendo de um AVC queria visitar os filhos que não vinham visitá-lo. Lá fomos eu e meu marido levar minha mãe e ele. Longa viagem que o cansou bastante. Mas veja bem, por conta deste casamento perfeito, minhas sobrinhas nem olharam direito para a cara dos avós. Nem mesmo as cunhadas... estavam ocupados com seus parceiros perfeitos e inseparáveis. Foi muito triste isso...

Linda noite meu amigo!!!

Aline Teles disse...

Passando para agradecer a sua visita, amigo. Beijos.

Ana Cecilia Romeu disse...

Samuel querido!
Vi aqui especialmente, pois sei que não dei toda atenção que tu mereces. Revi o vídeo e só tenho a te agradecer. Não tenho tido um tempo com tranquilidade, nem mesmo fiz postagem nova ainda, fato que me fez decidir manter apenas contatos rápidos pelo faceb.; em detrimento aos e-mails. Se precisares contato, por favor, me procures por lá que é mais fácil me encontrar :)
Muito obrigada pelo teu carinho e tua Poesia!
Beijos!

PS.: Assim que eu postar, venho fazer meu "arrastão"!

Lucas - Blog: Overture disse...

Camarada, saudades daqui! Acertaste em cheio. O casamento perfeito é um zapezapeiro com uma facebuqueira. Os filhinhos deles vão ser todos torpedinhos! Quando eles brigarem, ela não vai mais 'para a casa da mãe', ela só vai exclui-lo do grupo de favoritos... Quando passo de carro por pessoas 'dirigindo' e zapzapeando eu percebo como o mundo se imbecilizou. Há chips demais nos aparelhos e de menos nas cabeças. Parabéns, grande tirada! Abraçossssssss

Mari disse...

Olá,amigo Samuca
Pois é,a tecnologia em detrimento do ser humano.Penso aonde vamos parar!Principalmente a juventude está perdendo o melhor da vida que é conversar,argumentar,abraçar,elogiar,cara a cara ,sentindo o gosto,o cheiro e o toque,
Sua poesia está completa!Parabéns!
Bjus

Adriana Helena disse...

Oi Samuel, boa noite!
Realmente disse e falou tudo com propriedade..
E o melhor de tudo: foi em versos para tornar o assunto menos espinhoso...

Ficou lindo o seu poema, pois conseguiu fazer bonito em um tema irritante..
Agora parece que a vida apenas se reflete na tela de um celular...
As pessoas se esqueceram como é viver e verdade!!

Parabéns poeta, pois sua precisão é incrível!!
Beijos e uma especial semana!

Bia Fernandes disse...

Obrigada pelas dicas super saudáveis que deixou no comentário :)
E adorei o poema, uma crítica super bem construída!!

allmylife disse...

Crítica mordaz e relevante...o obstáculo agora é descobrir como quebrar o "encantamento" das tecnologias q nos separam da afetividade humana...

Aline Thompson disse...

Oi, Samuel!
Muito obrigada pela visita! Fiquei muito contente com o comentário!
Também gosto muito do Allan Poe, mas não li muitas coisas dele ainda.
Também não sou boa nessa área de terror! Mas gosto de postar histórias!

Gostei muito do poema-crítica! Zumbis de celular na mão "wi-fi, wi-fi...".

Seguindo seu blog, se puder retribua.

...beijinhos***

ॐ Shirley ॐ disse...

Olá, Samuelzinho...Pois é, o alvo do amor é o moderno celular...ridículo, sem graça, vazio. Sinal dos tempos...
Beijosss!

Vitor Costa disse...

Pois é Samuel, tenho profunda nostalgia pelos tempos em que eu, criança, não tinha celular, andava com a cabeça inquieta, reparando em cada detalhe do ambiente. Nunca fui um fervoroso adepto da tecnologia, reconheço a importância dela para o progresso, mas, sinceramente, eu viveria bem sem esses avanços.

Ontem eu estava aguardando minha mãe em uma loja de roupas, quando me deparo com uma criança que resolve sentar do meu lado com seu enorme "Ipod" "Iped", que seja, e permanece lá com seus "joguinhos", com o pescoço curvado e os olhos parados, não percebendo os pássaros nas árvores lá fora. Enfim, mais um grande poema Samuel, parabéns.

Ricardo- águialivre disse...

Moral da história: Não existe casamento perfeito

Grande abraço

Dani disse...

Eu sofro todos os dias com piadas idiotas porque tenho um Nokia C3, acho que nem vende mais esse mas lojas. rs
As pessoas ficam me cobrando para comprar um celular novo, "decente", que tenha todos esses aplicativos e essas palhaçadas. Mas ninguém entende que eu não me importo com essas coisas. Não só a tecnologia, mas tudo em excesso atrapalha e percebe o quanto as pessoas são fúteis, sabe compram o celular do ano para ser aceito na sociedade enquanto em casa tem 3 contas de água vencidas. A felicidade mostrada em cliques nas redes sociais enquanto a vida está uma verdadeira bagunça...
Outro dia eu li uma tirinha, não me recordo de quem é, mas dizia "Ontem nos divertimos verdadeiramente. Tão verdadeiramente que ninguém tirou fotos."

Dani disse...

Correção: *nas lojas
*percebo o quanto

Bandys disse...

OI Samuel,
Eu prefiro o casamento tradicional
com todas as pompas. Não que va ser uma casamento perfeito
mas esses relacionamentos tecnológicos são frios demais.
Nada como um baton para mandar recadinho no espelho.
tenha um final de semana cheio de luz e paz.
beijos

Lavínia Carvalho disse...

Casamento moderno rs. Hoje em dia a tecnologia está até onde não deveria e isso me entristece de certa forma, pois busco cultivar/distribuir/espalhar/entregar/glorificar o amor e sua essência, assim como os companheiros de vida e alma deveriam não é mesmo? "O mundo está ao contrário e ninguém reparou"

www.pumpcolor.com.br

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Verdade,amigo querido Samuel.A tecnologia nem sempre é para melhor.

Desculpe não o ter visitado antes,mas estou com meu marido convalescendo de uma cirurgia e entrando pouco no blog para postar, comentar e retribuir. Sem tempo mesmo,querido.
Obrigada pelas visitas!

Beijos e uma semana de alegrias

Donetzka

Face Book:

https://www.facebook.com/donetzka.cercck

Twitter: @donetzka13

Instagram: @donetzka


http://instagram.com/donetzka

Flickr(Minha galeria de imagens):

https://www.flickr.com/photos/123498631@N06/

Youtube (Meu canal):

http://www.youtube.com/channel/UCnVpBs2C-vL6fd1BaRH3lrA/about


Blog Magia de Donetzka











Lindalva disse...

Parabén pra você, nesta data querida.... Felicidades e muito amor hoje no teu aniversário meu poeta menino e em todo sempre. Como não posso te abraçar no real te abraço aqui no teu cantuxo nauta e neste cantinho do meu imaginário :-) vá no link abaixo e sinta meu carinho

https://www.facebook.com/events/1540099646209809/?notif_t=plan_reminder

Beijos no coração!!!

Joana disse...

Samuel, meu querido! Hoje venho aqui não somente para falar dos teus sonetos, que sempre nos deixam uma lição de amor e paz, mas especialmente para te trazer meu abraço e o desejo que tenhas um feliz dia. Hoje começa um novo ano pra você e quero que ele seja de muita saúde e luz.

Parabéns! Beijos

Marilene Domingues disse...

Bom dia Samuel,
Hoje cá estou para te desejar com muito carinho, um lindo dia!
Que o seu dia chegue carregado de muitas surpresas e alegrias.
Desejo pra você tudo de melhor. Que Deus derrame muitas bençãos em sua vida em forma de saúde, amor, paz e muita união.
Deixo meu abraço carinhoso de ♥ pra ♥
Chegue pra festa que a querida Sereia com muito carinho te preparou lá no
face.
Marilene

Bell disse...

Parabéns querido!!!

Deus te abençoe

bjokas =)

Nanda disse...

Parabéns pelo aniver, Samuca!!! Muitas felicidades, saúde, amor e paz!!
E que dia lindo que tá fazendo hoje, hein... aproveita, come bastante torta pra engordar esse corpo, toma uns chimas aí, hehehe!!
Tu é uma dessas pessoas por quem tenho muito carinho e uma amizade muito legal e sincera, desejo tudo do bom e do melhor pra ti sempre, beijos!!

ღ Miih...ღ disse...

Querido Samuca, hoje eu q venho aqui pra te desejar muitas felicidades, muito amor, muita paz e que Deus continue guiando seus passos sempre.

Que sonhos sejam todos concretizados com sucesso , pois você merece .

beijo meus e ò ..come a torta e o churras por mim...rss

felicidades , sempre seu lindo

Kaka Stelê disse...

Verdade Samuel, tem pessoas que nem vive direito mais ou melhor vivem para mexer no celular rsrsrs, Coloquei algumas músicas que você me mandou aqui :Estrela,Flores...Melancia Playlist – As Músicas coloquei seu link também :)

Um super beijo!

Dorli disse...

Oi Samuca,
Passando para agradecer o carinho
Quando jovem não usava francesinha, mas não usaria. Eu tenho outro gosto e quando jovem era tudo vermelhão meio arroxeado.kk.Hoje é tudo clarinho.kkk
Beijos no coração
Lua Singular

vendedor de ilusão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vendedor de ilusão disse...

Olá amigo! Agora eu consegui aderir ao blog.
Abraço.

Lu Nogfer disse...

Ola meu amigo.

Eu havia comentado aqui mas pelo jeito não enviou. Coisas do nosso blogger...
Mas enfim, a tecnologia anda invadindo os relacionamentos e isso acaba esfriando a vivencia real. Ha que se ter muito cautela no uso mas mesmo assim nao uso muito. Acho que não sou muito moderna!rs

Beijocas e ate sempre!

Evanir disse...

Meu amigo muito querido.
Uma gripe me jogou na cama não tive muito que tentar driblar
a infeliz me deixou foi de cama.
Agradeço seu voto e carinho também hoje nossa dificuldade
esta em amigos de verdade.
Conheço vc a algum tempo tenho carinho e muito respeito por você.
Como sempre disse além de amiga sou sua fã.
Uma abençoada semana beijos.
Evanir.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Samuel,perdão por não tê-lo cumprimentado no dia do seu aniversário,mas acho que ainda há tempo de desejar-lhe parabéns e que Deus o abençoe hoje e sempre.
bjs querido amigo.
Carmen Lúcia.
Carmen Lúcia.

Lucy Mara Mansanaris disse...

caraca... arrasou no tema!
Não tenho paciencia nenhuma para os que são escravos do celular, ou qualquer outra tecnologia... Há tanta vida lá fora, tanto amigos e olhares, abraços...

Amei, parabéns!
Beijo no teu coração, nessa pureza que me encanta, lu.

Tais Luso disse...

rss, acho que não há maior solidão do que estar ou sair com alguém com celular na mão! Sim, hoje já é na mão, na bolsa ou bolso não ficam mais esses aparelhinhos maravilhosos...
Beijo, querido amigo.