LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

O DESPERTAR

Busque a ti mesmo, em ti mesmo...
Tire os tais véus da ilusão...
Que te deixam vagando a esmo
E olhando sem direção;

Não há religião melhor...
Nem deuses da salvação;
Há sim um Deus uno e maior
Que habita em teu coração;

Se queres tanto crescer...
Diminua-te primeiro;
Só assim poderás ver
O caminho verdadeiro;

Pare de alimentar o ego...
De achar que tudo é tão real;
Teu olho físico é cego...
Pois não vê o espiritual;

Que sentimento aprisiona
O teu ser que não desperta;
Pare um pouco e te questiona...
Deixa a tua mente aberta;

48 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Ótimo poema, que retoma o "conhece-te a ti mesmo" socrático. Gostei muito.
Um beijo, Samuel,
Renata

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Samuel
Que maravilha de pema, adorei :-)

Tem uma excelente semana.
Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Samuel,versos de muita reflexão,para que busquemos
em nós o que nos faz crescer.
bjs amigo
Carmen Lúcia.

Bell disse...

Bom diaaaaa Samuca

se querermos ver Deus na nossa vida precisamos sim nos diminuir, para que ele cresça. Mas hj em dia as pessoas querem ser melhores em tudo e se acham auto suficiente =/

Vall Nunnes disse...

Olá Samuel
Para aquelas pessoas que precisam de ter o ego alimentado com aplausos, diminuir a si mesmo para que o Criador cresça e transforme sua vida parece algo fora do comum.
Lindos versos, carregados de conhecimento da verdade. Somente a verdade acaba com a cegueira do olho físico.
Ate sempre!

Laura Santos disse...

É isso mesmo, Samuel.
Muita gente anda a confundir auto-estima com ego. Convém que cada um se reduza à sua verdadeira dimensão, que é a da igualdade com o outro e assim poder ver todos e tudo com a humildade necessária ao que é humano.
xx

Dorli disse...

Oi Samuel, somos descendentes do mesmo barro, por que somos tão diferentes?
Ninguém é melhor que ninguém, mas há pessoas que subjugam a inteligência do outro e, uma vez envergonhadas entram em seus próprios casulos.
Não somos eternos, temos um prazo de validade.
Beijos no coração
Lua Singular

Marcos Satoru Kawanami disse...

Samuel,

A penúltima estrofe se destaca, muito boa.

:)
Marcos

Nanda disse...

Boa tarde, Samuca!
Gostei muito desses versos, escolhestes bem as palavras. Estou aprendendo que devemos ter espiritualidade independente de qualquer religião. Evoluir é o desafio constante deste grande aprendizado que se chama vida. Um abraço!!

Marlene disse...

Ola amigo poeta que coisa mais linda e verdadeira que ja li da vontade de ler sempre de guardar no coração para nunca esquecer,e de escrever tuas palavras nas nuves para que todos as vejam e as possa ler sempre um abraço meu querido poeta linda semana para voce que Deus te proteja sempre marlene

Sissym Mascarenhas disse...

Samuel, querido, respondo:

Por receio de me machucar novamente,
vivo numa redoma que criada por mim.
Ela é transparente, entra e sai a luz,
de maneira que posso ver o mundo lá fora,
mas este fica tão distante dos meus olhos,
que de tão intocável parece nunca existir.

Bjs

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Um poema que nos conduz ao mais profundo do ser...que Belo!
Um beijo, Samuel!

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Meu amigo a humanidade no geral é lenta no despertar, mesmo quem visualiza um mundo espiritual e tem consciência que é a nossa pátria de origem, como eu, ainda engatinha neste despertar, quantos e quantos ferimentos em nossa alma causados pelas ervas daninhas dos maus sentimentos que permitimos que ali fizesse morada, ter consciência disto é uma coisa, conseguir ir arrancando tais ervas daninhas até suas raízes é outra, mas sigamos em frente sempre, não esquecendo que somos talvez mais pequenos que muito daqueles que não têm consciência da espiritualidade, mas tem a essência do amor em si preservada não permitindo o avanço das ervas daninhas, abraços Luconi

Eu...Suzana disse...

Teus versos estão corretíssimos Samuel. Precisamos despertar a essência divina que habita em nós, sermos conscientes desta realidade. Se para muitos, já despertos, ainda é necessário "caminhar" muito mais, imagina quem ainda não crê em nada disso. Como ficam?
Um beijo grande meu amigo e uma boa semana para ti.

Crista disse...

Quase caí da cadeira de tanto rir...a perseguida...só tu mesmo...huaschuaschuasch...

Vanessa disse...

Nossa, o que dizer depois de ler algo tão bonito? Já que me faltam palavras então que os aplausos me expressem. 'Clap clap clap.

Nyce Pinto. disse...

Olá Samuel, que linda poesia "Há sim um Deus uno e maior"... Acredito nisso, Ele não poderia ficar aprisionado nos templos, nas religiões! Belíssimo!!! Luz na tua vida sempre! Abraços...

Dentro da Bolha disse...

Poesia poetizada! Que lindezaaaa. Lindas palavras.
dentrodabolh.blogspot.com

Vitor Costa disse...

Que profundo poema, uma profundidade tão vasta quanto aquela, no qual enterramos nossos sentimentos e pensamentos motivadores das nossas mudanças e esperanças...precisamos alcançá-los de alguma forma, antes que apodreçam no medo.

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Samuel. O ego faz com que a humanidade se perca e entediada fique nas suas prisões.
Nada melhor do que olharmos para nós mesmos, reconhecermos nossos defeitos, saber que existe um Deus de amor que a tudo vê e que sem Ele não somos nada.
Acredito que o orgulho é a doença mãe de todas as outras, e esta inicia-se no demasiado ego inflado.
Tenha uma semana de paz.
Beijos na alma, amigo.

Ana Bailune disse...

Olá, Samuel.
Contundente e sábio!

Ricardo- águialivre disse...

Simplesmente FABULOSO

Cumprimentos

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Aninha disse...

"Não há religião melhor, nem deuses da salvação, há sim um Deus uno e maior, que habita em teu coração" Perfeito. É isso mesmo... Deus está em nós, não em igrejas, templos ou qualquer coisa assim. Poema perfeito, mesmo! Tô até sem palavras, haha.

Beijos ♥
{wakin-g.blogspot.com}

Bandys disse...

Olá Samuel,
Nossa acabei de comentar sobre a mente aberta.
E chego aqui encontro essa líndissima poesia.
Penso que esse despertar espiritual só acontece
quando nos preparamos para isso. Exatamente como vc falou.
A gente precisa é de um olhar fresco, que
não envelhece, apesar de tudo o que já viu."
♫*:..。♡*゚¨゚゚・ ♫*:..

Adriana Helena disse...

Sem sombra de dúvida Samuel, na minha humilde opinião, eis o seu poema mais bonito!
Ficou fantástico, sublime e adorei a leveza com que o conduziu...
Realmente teve um epílogo perfeito, onde o recado foi dado, sem rodeios:
"Deixe sua mente aberta"

ADOREI!! Emocionou poeta!! ♥
Beijos e uma semana linda!

Paloma Viricio disse...

Oiee Samu! Muito fofa mais essa obra que tu fez. Muitas pessoas ainda permanecem com um véu na mente...lastimante.
Beijos!
Monólogo de Julieta

Rita Sperchi disse...

Passando para agradecimento!

Agradecer
Elogiar, pelo belo que faz
E parabenizar é uma virtude que
nos temos para com os bons amigos
E com carinho de sempre recebo sua
visita com muito amor
Sua presença é marcante no meu
Cantinho

Bjusss

└──●► *Rita!!

Carol Russo S disse...

Não há melhor forma de conhecer ao próximo do que se conhecendo, primeiramente, Samuel. Não podemos mesmo falar em amor, em Deus, quando não conhecemos o que habita em nós... Sou sua fã, adoro os temas que você aborda, as críticas que faz!!!

Beijos e uma ótima semana querido!

Vera Lúcia disse...


Bela poesia, querido amigo.
E como precisamos desse despertar, que nos levará a caminhos mais iluminados e serenos.
Sempre digo que não importa a religião ou crença de cada um, pois Deus é um só para todas e deveria habitar em cada coração. Se assim entendido, não haveria razões para desavenças religiosas e nem para uma religião querer mostrar-se mais poderosa do que a outra, gerando discórdias inúteis.
Há vários focos importantes em seus versos. Vale refletir sobre todos eles.

Beijo.

sol Tamalyn disse...

Ola meu amigo, isso é verdade há apenas um Deus .
Precisamos diminuir o ego e nos certificar que estamos dando o que queremos receber , como amor , paz e respeito.
Maravilhoso poema, serve para nos lembrar de ser verdadeiros e pequenos em nosso ego.
Beijos e uma grande semana meu amigo.

Dorli disse...

Oi Samuel,
Passando para agradecer o carinho
Beijos no coração Lua Singular

Rosemary Lima disse...

Gostei muito do poema samuel.
Geralmente quem se acha a ultima bolacha do pacote esqueceu que a mesma sempre vem quebrada! rsrsr

Beijos!

Lari Fonseca disse...

Seus versos são exatamente o que eu precisava de ler agora, Samuel... É a mensagem que faltava para fechar meu dia. Estou precisando buscar a mim mesma, porque é em mim que habita Aquele que me indicará o(s) caminho(s). Apesar de todas as frustrações diárias, eu não posso me perder.

Comentado com carinho, Jeito Único

Dorli disse...

Oi Samuel,
Vocês jovens almejam esperanças, mas que viveu os tempos de outrora não acredita em mais nada.
Obrigada pelo carinho
Lua Singular

Bruxa disse...

Perfeito!
Amigo Samuel, há um tempo num desses tantos livros que leio, li que o homem antigo sentia muito mais, o perigo, a ameaça, as pessoas.
Com tanta "evolução", perdemos o sentir, aquele que vinha do nascimento, aquela interiorização.
Como em seu poema, os olhos espirituais estão fechados, é tudo muito carnal. O que o olho registra é o que vale. Acho que o homem consegue resgatar isso, desde que dedique tempo. Infelizmente caminhamos mais para uma era robotizada que espiritual e os que assim agem, acabam sendo os "ETs" do mundo.

Amo seus poemas, parabéns!

Abração e lindo dia.
Aqui muito calor e uma seca terrível, dessas de arder nariz e doer a cabeça. Precisamos de chuva!

Mari disse...

Oi,amigo
Pois é,nossos valores estão cada vez maus contorcidos : só o que importa é a matéria (EGO) e a maioria das pessoas nem quer ouvir falar do espírito que é o nosso verdadeiro eu. E assim vamos,com passo de formiga e sem vontade,como dz o velho Lulu.Mas mesmo devagar temos que ir....um dia,quem sabe!!
Saudades de vc!
Estou com um novo Blog: Almanaque

Beijos

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Obrigada amigo Samuel,pela visita e comentário.
Um ótimo final de semana.
bjs
Carmen Lúcia.

Aline Teles disse...

Magnífico! Essa busca interior é fundamental para começar acreditar em si mesmo e, principalmente, para buscar o essencial em nossas vidas. Beijos.

Lindalva disse...

clap clap clap clap, este é meu donzelo poeta. Bom dia Sam. Continuo lambendo ainda as feridas pela passagem do meu paizinho, mas o senhor chamado TEMPO me avisou que a vida quer queiramos ou não CONTINUA, assim venho te convidar para a Festa de Encerramento do 9º Pena de Ouro. Você faz parte desta festa e também responsável para que eu continuasse minha caminhada. Desculpe ser um convite SPAM, mas o que estou te dizendo é o mesmo para quem eu quero que esteja neste momento comigo, tu uma destas pessoas, seja blogueiro que eu tenha abraçado no pessoal ou não, mas que sinto aqui dentro do coração real. Te espero no Ostra. Beijos n’alma!

http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com.br

may lu disse...

Boa tarde querido... Belo poema de reflexão! Inspirador a uma pausa no olhar de nós mesmos. Amei...
Doce semana.. Bjo grande!

Dorli Silva disse...

Oi Samuel, adoro contos de fadas, mas têm que se diferentes dos que conhecemos, eu inventava muito para o meu filho dormir depois que perdeu o pai com 2 anos.
Beijinhos
Mundo dos Inocentes

dinapoetisadapaz disse...

Boa noite, nobre poeta Samuel! Seu ,é por demais tocante, e para ler e refletir sobre "SER" e "TER", nos dias atuais os valores estão distorcidos,o egoísmo está a imperar, os olhares estão gélidos, É preciso um despertar para permitir a luz se achegar.Tenha uma abençoada noite.

PS: Quanto a seguir blog, lamento, amigo, também tive dificuldade em seguir alguns, mas, consegui qdo cliquei em participar do site , onde tem a pergunta: Já é membro? faça login, foi ai que consegui.
Obrigada pela benfazeja visita e comentário. Um abraço de paz, deixo!

Bia Hain disse...

Olá, Samuel, como vai?
Que poema fantástico!!! Penso que nos perdemos de nós mesmos por dois motivos, por excesso ou ausência de estima. Em ambos os casos é preciso esse se diminuir e buscar dentro de si as respostas que nos tirem a cegueira da dúvida sobre nós mesmos e de como seguir os caminhos que desejamos. Só o ego equilibrado nos leva onde desejamos chegar. Um abraço!

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Boa noite,querido amigo Samuel.
Que maravilha de soneto que exorta a verdade que é o descobrir-se a si mesmo.
Temos que pensar como um todo,unos com Deus e esquecer o egoncentrismo.

Obrigada pela visita!

Beijos e uma semana de alegrias

Donetzka

Face Book:

https://www.facebook.com/donetzka.cercck

Twitter: @donetzka13

Instagram: @donetzka


http://instagram.com/donetzka

Flickr(Minha galeria de imagens):

https://www.flickr.com/photos/123498631@N06/

Youtube (Meu canal):

http://www.youtube.com/channel/UCnVpBs2C-vL6fd1BaRH3lrA/about


Blog Magia de Donetzka









Elyane Lacerdda disse...

Samuel, gosto muito de seus sonetos!
Você sabe se comunicar através de versos.
Temos que pensar grande, pensar em humanidade, e deixarmos de lado a vaidade, o egoísmo, amigo poeta!
Bravo!
Bom domingo!
http://www.elianedelacerda.com

Nádia Santos disse...

Meu caro poeta, estou aqui nessa vida como uma simples aprendiz, consciente da minha pequenez diante da grandiosidade de Deus, a quem entrego minha vida todos os dias, tentando ser um ser melhor. Soneto maravilhoso, como sempre. Doce bj.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa noite, Samuel, que beleza de poema. Criatividade nota 10000. Versos bem construídos e para um tema tão sensível. Como você escreveu, tudo está dentro de nosso ser, nossa alma, nosso espírito, e muitas vezes ficamos procurando fora.Lindíssimo. Grande abraço!

Lucy Mara Mansanaris disse...

Ah que lindo isso.
Para crescermos temos que nos esvaziarmos de nós mesmos, lindo poema meu amigo, parabens!

Um beijo Samuel, se cuida e até sempre...