1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 29 de junho de 2015

CAOS

Aos estupros e pedradas
Almas sendo reduzidas...
Meninas já condenadas
Ao resto de suas vidas;

Ônibus pegando fogo...
Assaltos, assassinatos;
Fim tão longe de ser logo...
Basta nós vermos os fatos;

É travesti numa cruz...
Padre na pedofilia...
O mundo só se reduz
Com tanta melancolia;

O que fizeram do sexo?
É só surubas e orgias...
O amor perdeu o reflexo
Num mundo sem alegrias;

Chico, o santo brasileiro...
Do túmulo apedrejado
Por um grupo derradeiro...
Sem coração, desalmado;

Olá Lula, seu escroto...
Seu miserável petista...
Tu não vale um só arroto...
Junto da Dilma na lista;

34 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Retrato abrangente de nossa época.

abraço

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi menino Samuel,você disse tudo que nós brasileiros queremos dizer.
Adorei.
Bjs e uma ótima semana.
Carmen Lúcia.

Poções de Arte disse...

Bom dia, Samuel!

Tanta coisa acontecendo todos os dias que se sentarmos à frente da TV temos vontade de abandonar esse mundão de meu Deus. Por isso sou a favor que as TVs passassem coisas boas, divulgassem um pouco o bem. Acredito que o ser humano age de acordo com o que é alimentado.
Belos versos!

Quanto ao Top Gun rsrs, também tenho a música, mas pasme: em fita cassete rsrs é... rsrs. Um amigo meu gravou e me deu qdo estava no segundo ano colegial - ano que o filme estourou. Esse é inesquecível e por incrível que pareça, só tenho o filme pq minha irmã mais nova comprou novamente, depois de já ter (ela também precisa de uma listinha rsrs). Aí me vendeu.

Abraços esmagadores e ótima semana.

Ivone disse...

Amigo Samuel, versos bem rimados, como sempre, composição perfeita!
Abraços meu amigo, tenhas uma linda semana!

Isabela Brandão disse...

Nossa. Que poema forte! Nossa realidade está caótica mesmo. Muito bom.
Tenha uma ótima semana,
Abraços,
Isabela Brandão

Bell disse...

O que vai ser de nós?

bjokas =)

Danny disse...

Merece palmas e mais palmas! Disse tudo em poucas estrofes. Muito forte e realista. A cada dia só vemos o mundo piorar, e o Brasil tá no topo, com tal governante, que não sabem governar nem a própria vida. As vezes fico me perguntando, onde isso vai parar? Já basta! É muita estupides em um país só.

http://destinoincertoo.blogspot.com.br/

lua singular disse...

Oi Samuel, eu leio todas as suas poesias no meu e-mail.
Essa foi para arrebentar
Vou lhe mandar um e-mail
Beijos

Vera Lúcia disse...

Olá querido Samuel,

Estamos realmente vivendo um grande caos, que parece infindável. Nunca pensei que um dia assistiria a um quadro tão triste e desolador. Sua indignação é a de todos nós e foi muito bem versada. Só Deus para interferir. #Oremos!

Feliz semana.

Beijo.

Tais Luso disse...

Oi, querido amigo Samuel, é isso... chegamos no ponto da saturação.Não explorem muito o povo; e não ignorem sua inteligência... uma hora ele explode! E é isso que velhos políticos estão a fazer. Parece que não aprendem. Hoje um rapaz roubou, de um supermercado, daqui do RS, um desodorante, você viu os seguranças caindo em cima dele? Por que não agem assim com quem rouba bilhões do povo? Não dá para entender... Tá difícil.
Beijos! Linda semana.

Bandys disse...

Oi Samuel,
Tem que aplaudir de pé,
Muito bem escrito e real.
Esse país virou um lixo.
Beijos querido amigo,
fique com deus

Diná Fernandes O.Souza disse...

Boa tarde Samuel! Vim te visitar e me deparo com esse grito, um protesto mais que perfeito, permita-me assinar contigo.... Adorei seu manifesto, ele é isso mesmo e muito mais, um verme hipodérmico na face da terra.
Vi seu comentário na pág da Carmem sobre escrever sem a vogal "A", se quiser conhecer meu blog e participar, fique á vontade, tenho certeza que virá um grande escrito..


http://www.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=5294662


O meu blog : http://escrevendosemavogala.blogspot.com.br

um bj no seu core.

Serena Lima disse...

Retratou muito bem a nossa triste realidade meu querido amigo Samuel. Tantos abusos, tantos preconceitos, tanta intolerância, que dá vontade de pegar um ônibus espacial e ir para Marte. Acho que por lá as coisas andam mais serenas...rs.
Parabéns pelo desabafo...perfeito!

Adriana Helena disse...

Samuel, como vai poeta?
Pois é, anda compondo o retrato do Brasil, nada otimista por sinal!

Mas mesmo retratando coisas tão tristes, que provocam tanto desagrado e até revolta, os seus versos ficam perfeitamente concatenados!

Parabéns pelos versos, por seu talento!!
Tenha uma semana maravilhosa e que seja com muito amor, sem nada que o aborreça, pois sinto saudades das flores que partilhava em forma de poesia! :)))
Beijos!!

Célia Rangel disse...

Versos de um poema que retrata a poesia diária que vemos em nosso país! Degradante mesmo tal situação.
Abraço.

Rosemary Lima disse...

Como sempre, mais uma vez, eu aplaudo de pé! Muito bom!

Beijos

Aline Teles disse...

Olha a que ponto os seres humanos chegaram, né? Mais um poema que descreve, de maneira bastante coerente, a nossa sociedade atual. Beijos.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querido amigo, Samuel, seus versos montam um poema repleto de gritos de todos os brasileiros. Penso que temos uma arma , a escrita e muitos vão ler e quem sabe com a reflexão venha a razão. Grande abraço!

Carol Russo S disse...

O teu senso crítico é sempre admirável.
Que bom ver a poesia trabalhada em humanidade!

Just Mila disse...

Boa noite Samuel,
Seu poema tem tudo haver com o momentos que vivemos, não sei onde vamos parar se isso continuar .... espero q as coisas melhorem! Seu senso critico está afinadíssimo!
Bjs

http://achadosdamila.blogspot.com.br/

Clau disse...

Bom dia Samuel,
Amei o protesto,
e assino em baixo.
O final foi grandioso!rs
Bjs :)

Janaína de Souza Roberto disse...

Às vezes tenho a impressão de que estamos vivendo em uma sociedade distópica. Acredito também que o termo "escroto" pode ser aplicado a outros políticos. Enfim, o buraco é mais embaixo. De qualquer forma bacana a crítica.

Beijos,
Blog | Youtube | Instagram

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Samuel.
Sua crítica procede em muitas coisas e outras eu nem avalio, uma vez que na política há nomes horrorosos e malditos que não foram citados e o caos não começou no governo petista. De qualquer modo, tens direito ao seu posicionamento.
A humanidade deixou em sua maioria de ser humana, isso é o que ocorre.
Vejo no nosso mundo uma ausência dos valores do bem e isso corrompe os fracos.
Tenha um fim de semana de paz.
Beijos na alma.

Bia Hain disse...

Olá, Samuel, como vai?
Todos estamos decepcionados com o governo, e é lamentável como a brutalidade se expande além da política. Talvez por esse motivo esteja sendo tão difícil transformar a cultura do nosso país, a transformação, antes de ser coletiva, precisa ser individual.
Abraços!

Vitor Costa disse...

Ácida crítica em forma irretocável de poesia, Samuel. Não conheço outro blog, onde as poesias são tão exatas, milimétricas e, ao mesmo, tempo ricas em conteúdo. Tu és um esteta.

Teu manifesto poético é duplamente contundente.

Abraços

Edna Sa disse...

Olá meu querido, que saudades suas...
Belo poema e muito atual, belo por seu talento de conseguir colocar no papel de forma poetica assuntos como este q nos causa indgnaçao... parabens pelo seu dom magnifico... beijo da Edna

Cecilia disse...

Palavras verdadeiras em forma de poesia grande poeta Samuel!
Você disse tudo no caos que o mundo está!
Precisava nascer de novo este mundo!
Beijos e fica com DEUS!

Mariana Penna disse...

Um oi de quem ficou sem o PIS esse ano.
Governo filho da puta.

Um beijo Samuca. Bom fds!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Samuel,passando para lhe desejar um ótimo final de semana.
Bjs-Carmen Lúcia.

Aline Teles disse...

Passando para desejar uma ótima semana. Beijinhos...

Bandys disse...

Passei para desejar uma semana de paz e luz.
beijo

Silvana Maria disse...

Nossa amei seu texto muito realista.....

www.studiocriativo.blogspot.com

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

Falou tudo! Adorei! Escreveria o mesmo,se tivesse seu talento,Samuel.

Tinham que colocar esses cafajestes presos para sempre!

Donetzka

Obrigada pela visita.Consegui comentar 2 posts seus hoje.

Volte sempre,querido.

Um fim de terça e semana de paz e felicidades

Beijos sabor carinho

Donetzka

Blog Magia de =
Donetzka

Aline Thompson disse...

No poema do post anterior foi a vez do "não progresso", e eis aqui completamos a frase com "desordem" - Desordem e nada de Progresso!
A questão travesti na cruz, eu acho que dá pra fazer uma leitura legal, sob uma visão progressista do Novo Testamento - o Cristo que é crucificado na pessoa dos marginalizados, excluídos... Mas acho muito tenso, muito forte, muito difícil ser assimilado pelas pessoas... e lidar com ícones de fé é complicado, acaba sendo só uma agressão a outros e atrapalhando o objetivo, ou o que deveria ser o objetivo dessas paradas! Quanto ao PT, também sou anti-PT... E acho triste demais estarmos vivendo essa época de anti-PT vs anti-PSDB... (ok, há direitistas e petistas, mas...) a grande maioria levanta a bandeira do "menos ruim" - acho muito triste isso das opções serem o ruim e o muito ruim =/