LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

sábado, 13 de janeiro de 2018

TURBILHÃO

Turbilhão de luz nas alturas belas,
Lampejos radiantes e constantes,
Plumas vagando nos ventos distantes,
Ventos a levar as lindas donzelas.

6 comentários:

Célia Rangel disse...

Fico vagando em seus intensos versos... Belo momento!
Abraço.

Larissa Santos disse...

Lindos versos. Só pela águia de fundo já valeu. Kkkkk

Hoje:- A chave...numa insana desorientação.
.
Bjos
Um optimo Domingo.

Cidália Ferreira disse...

Saudades Samuel.

Que bonita quadra :). Amei

Beijo e um excelente Domingo

Edith Lobato disse...

Adorei ler tua poesia.
Lindíssima.
Bom fim de tarde de domingo.

Dan disse...

Boa tarde querido amigo de blog. Retornei ao mundo poético e me deparo com sua linda quadra. Muito grato. Abraços,

Dan.
http://gagopoetico.blogspot.com.br/2018/02/na-barba-de-todo-homem.html

Tais Luso disse...

Show, querido amigo, como sempre...
Beijo, lindos dias!