1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

DEIXO PEGADAS

Deixo pegadas na neve...
A solidão é gelada...
É como um sonho tão breve
Tido na noite passada;

Minhas lembranças são flocos
De neve cobrindo o chão...
Dividindo em mil os blocos
Que formam meu coração;

Sentimentos congelados
Na minha alma sonhadora...
O amor dos enamorados
Não é mais deste que chora;


41 comentários:

Fernanda Bender disse...

Tão melancólico mas ao mesmo tempo tão bonito...
Tenha um ótimo dia, Samuca!!!

Daniel Andre disse...

Bom dia Samuca, td bem amigo ?
A solidão é fria, ás vezes muito gelada, e somente um amor, para aquecer esse sentimento de reclusão de uma alma sonhadora.

Você é o cara !
Bom dia e grande abraço !
Dan.
http://gagopoetico.blogspot.com.br/

Laura Santos disse...

Um poema de solidão e uma certa desilusão. Com a imagem da neve muito bem colocada como imagem para um sentimento de frio na alma.E no entanto a neve é algo de tão bonito...
Parabéns, Samuel!

Bell disse...

Coração gelado não, trate de esquenta-lo e xoooo solidão rs...

tenha um lindo dia =)

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Senti um pouco de tristeza nesse lindo soneto!!
Mas,o Sol aquecerá esse coração desiludido.
bjs amigo Samuel
Carmen Lúcia-mamymilu

Vera Lúcia disse...

Caro amigo Samuel,

Senti frio por aqui-rsrs.
Suas rimas são sempre perfeitas e no capricho.
Em sua alma sonhadora nunca haverá espaço para sentimentos congelados.

Herança é coisa maldita, né não? Traz guerra até onde há paz. Espero que o espírito natalino ilumine o coração de todos vocês, permitindo-lhes um Natal de paz, união e amor. Que 2014 realize os seus sonhos e lhe traga grande alegrias e lindas inspirações.

Estou encerrando as atividades do blog mais cedo este ano devido aos compromissos assumidos para o restante do mês, que não me permitirão dar atenção ao blog.

Abraço recheado de carinho. Espero você em 2014.

Ana Bailune disse...

Lindo poema, Samuel. Também gostei do visual do blog!
Bom final de semana!

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Samuel

Lindo e triste Poema.... para além da solidão ainda te sentes um bloco de gelo! Triste! É a vida... amanhã é outro dia. Gostei muito.

Beijo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Gabi P. Deutner disse...

Oooooi! tudo bem?
Eu sei que dei uma bela sumida, mas estou com saudades!
saudades do seu blog e das coisas que escreve :D
Desculpe a minha ausência, eu tava num semestre do cão na faculdade.
Agora estou de férias e serei uma leitora inteirinha sua ^^

Adorei a postagem!

E uma frase de presente pra vc:

''Não é bom dar o meu coração e minha alma
Porque você já tem isso.
Então, eu te trouxe um espelho.
Olhe para si mesmo e lembre-se de mim.''

Rumi

Grande beijo! se cuida ;*

Dorli disse...

Oi Samuel,
Aprendi que com paciência vamos dissipando todos os problemas que encontramos no caminho até chegar a uma tranquilidade. Temos milhares de anos para sermos perfeitos.
Tem um prêmio dourado pra você no meu blog. Vá buscá-lo.
Beijos
Lua Singular

Ivone disse...

Que lindos versos, me lembrei do meu neto, ele adolescente sonhador que está vivendo essas incertezas!
Não sabe mais se estuda pra valer (entrou para a Faculdade), se toca na Banda, (criou uma) se continua ou não com a linda namorada com quem se sente apaixonado, pois é!!!
Abraços meu amigo querido, poeta sensível!

Carla Fernanda disse...

Assim dói quando acontece.... nossa!

Beijos

Ricardo- águialivre disse...

Versos maravilhosos feitos pela imaginação de um enorme poeta

Deixo abraço
*************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Clau disse...

Oi Samuel,
Sua imaginação poética,é ilimitada...
e seus textos,independente do tema,
são sempre surpreendentes!
Bjs!

Mary disse...

Oi Samuel!

Desejo que a solidão nunca contamine a sua alma.
Poeticamente, linda melancolia!

Obrigada por fazer parte da minha historia aqui na blogosfera,

Cris Henriques disse...

Olá Samuel.

Tudo bem?
Venho do blog da Carmem Lucia - Prazer de Escrever, conhecer o teu espaço.
Gostei muito de ler a tua poesia. Mostra sensibilidade e nostalgia, mas é muito bela.
Parabéns, escreves muito bem.
Estou a seguir o teu blog.

Volto brevemente!

Abraço com amizade,

Cris Henriques

http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/2013/12/sonho-contigo.html

Nádia Santos disse...

Versos frios e tristes, não gostei (rsrrssrsr). Pois é querido... acontece... mas passa. Bjus, seu lindo!

Zilani Célia disse...

OI SAMUEL!
MAS, COMO NADA É PARA SEMPRE, HÁO DE DESCONGELAR, OS SENTIMENTOS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Adriana Paz disse...

Lindo,Samuel.

O amor nunca estará congelado para você,meu príncipe poeta.

E nem permita que seu coração se divida.

Amei ver o nome que animei aqui,meu anjo.

Surpresa boa e tem tudo a ver com você.

Pegando e entregando corações.

Beijinhos e ótima sexta

Dryka



Blog Suas Histórias Nossas Histórias

Cecília Romeu disse...

Samuel, tudo bem?
Interessante a imagem do gelo a encobrir a solidão. Por que parece sempre nevar no coração de quem está só? pois que faça-se sol, enquanto vida.

Beijos!

Cecília Romeu disse...

Legal! Vi minha querida amiga portuguesa Cris Henriques por aqui. Gente muito boa, você vai gostar de interagir com ela, Samuel. :)

Rute disse...

Samuel.. o coração é um caçador solitário sempre a procura de algo, que jamais devemos deixa-lo na neve(frio)
Por isso sempre o aqueça-o.
Beijos de bom dia

Ritinha disse...

Ah! meu amigo, mesmo em momentos de solidão, algumas boas recordações nos fazem bem a alma, a vida que nos dá a cada novo instante um motivo para continuar, caminhar sem medo e encontrar o amor.
Leve e gostoso como sempre, sua palavras cairam bem ao coração.
beijos e excelente final de semana
Ritinha

Lu Nogfer disse...

Opa!Levanta,sacode a poeira e da volta por cima! Kd aquele sorrisão?rs

Nao sei se vc ja leu por aí este meu pensamento. Esta na pagina do pensador linkado no guia do Asas...
"Quando o frio do inverno invadir teu corpo não se confunda,consulte-se. Quem sabe os arrepios não são dos sentimentos, da emoção, do coração...Deixe-os aquecê-lo!

Tudo passa, meu amigo! É só não alimentar ilusões passadas, que o sol invade o teu coração de poeta grande que escreve bonito até em versos tristes.

Beijo aquecido em teu coração.

Mary disse...

Samuel, obrigada pelo carinho da visita, é assim mesmo, mas, fazemos a nossa parte né isso?

Só fico sem vim aqui quando o tempo não dar, venho aqui sempre...rs

Bjo Sam!

*** ZIZI *** PARA OS AMIGOS!!! ### disse...

Que versos lindos lindo amigão! Desculpe-me a ausência, depois vou fazer um post explicando.
Beijinhos...

*** ZIZI *** PARA OS AMIGOS!!! ### disse...

Vc tirou o meu nome da sua lista de sonetos, por que? Hummmmmmmmmmmm...

Kelly disse...

Boa noite. Deixo um beijo. Bom fim de semana.

Lindalva disse...

Psiuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu meu doce menino Poeta... Eu te amo nunca esqueça disso.... eis meu donzelo eterno, na chuva, no sol, na lua... e na neve....

Rita disse...

Boa tarde e um lindo sábado pra vc!

Vim deixar meu abraço pelo ano todo que você
esteve comigo, desejo que me 2014 nossa amizade
permaneça sempre com muito amor e nossos sonhos
e realizações venha com grande vitória, mais uma vez
agradeço por tudo que ganhei nesse Blog , volto em janeiro
Boas festas e um ano cheio de muita paz e luz!!!

Rita!

Ϡ₡ღ¸✿-:¦:-•´¯` ✻.¸¸.ღ♡ღ .¸¸.✻´´¯`•-:¦:Ϡ₡ღ¸✿-:¦:-•´¯` ✻

MARILENE disse...

Não há como evitar o frio que costuma envolver o coração, mas ele não destrói a sensibilidade e com ela volta a se aquecer.

Samuel, desejo-lhe um iluminado Natal, vivido com o real sentido da comemoração, ao lado dos que lhe são queridos. Bjs.

Dani disse...

"Se você ficar sozinho, pega a solidão e dança." - Los Hermanos

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Belíssimo,Samuel.

Um pouco triste,mas quem não tem esses momentos ao poetar?


Feliz Natal,amigo! Brindemos a Jesus.

Bjs


Donetzka

Suzi (Vulgo, Emilie) disse...

Triste e gélido.

Malu Silva disse...

Passando para deixar meus votos de lindas FESTA com muita PAZ SAÚDE e HARMONIA.
Que tudo corra bem e que o VERDADEIRO espírito de FIM DE ANO acompanhe seus passos...
Grande ABRAÇO

Bandys disse...

A harmonia da alma não é simplesmente um lugar de paz, uma praia tranquila.
A harmonia da alma é uma resolução completa do eu.
É o acordo, pela eternidade, entre todos os pensamentos e sentimentos.
Beijos, solidão que nada!

Fábio Murilo disse...

A solidão é sólida e fria como uma barra de aço.

http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/



✿ Rê ✿ disse...

Oi amigo Samuel!
Solidão nem sempre é ruim, existem aqueles dias em que precisamos ficar sozinhos no nosso mundo, pensando em tudo ou em nada.
Obrigada pelo carinho de sempre!
Tenha uma semana especial!
Com carinho

Femme Digital- Mãe, Esposa, Mulher!

LENAPENA disse...

Boa noite, Samuel. Linda poesia, existem lembranças que deixam nossa alma gelada de saudade. Por aqui a neve cai sem dó... Parabens, pela inspiração

Simone MartinS2 disse...

Como manter esse coração gelado,
se ao entrar aqui pra te ler, meu
coração fica enamorado e apaixonado
por te ler?
Espanto a solidão, a frieza e a tristeza.
Recebo de braços abertos, as rimas
destes versos, que o poeta descreveu...
Bjos

Tais Luso disse...

Olá, querido amigo, quanta criatividade!
" a solidão é gelada..." Quem não tem medo da solidão? Podemos estar no meio da festa, cheio de amigos... mas o amanhã? Como será o nosso curso; como será a vida pra nós? Não tem quem não pense.
Beijos!!