1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 19 de maio de 2014

ABORTO

São vários seres de luz
Planejando um novo ser...
Que tu prega numa cruz
Antes mesmo de nascer;

Só ter a intenção do aborto
Resulta em assassinato;
Um lindo ser se faz morto
Com este fatídico ato;

São tantas alternativas
Para não engravidar...
Memórias se fazem vivas
Se o decidir tirar;

Era só ter pensado antes
De fazer a relação...
Mas... cabeças tão distantes
Do gélido coração;

Este ato vai para a conta...
Ou pensas que pode tudo;
Alguém de luz não aponta
Mais pois o tornaste mudo;

Aborte, depois não chore
Quando tiver que pagar;
Quem pelas tuas mãos morre
Um dia virá cobrar;                 

59 comentários:

Ivone disse...

Bom dia amigo poeta, em versos abres aqui um tema que alerta as pessoas.
Abraços, tenhas uma linda semana!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Um tema muito interessante e um grande alerta.
Adorei amigo Samuel
bjs e uma ótima semana.
Carmen Lúcia.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Poetizas lindamente um tema atual e controverso.
Bom dia, boa semana.
Beijos,
Renata

Dorli disse...

Oi Samuel,
Eu que queria tanto ter uns três filhos, me foi negada a maternidade, mas na hora certa, um lindo garoto que outra rejeitou entrou na minha casa e ainda hoje mora no meu coração.
Mães inconsequentes: o dia fatídico chegará para todas.
Beijos
Lua Singular

Bell disse...

Forte e profundo.

Tenha um lindo dia =)

Bruxa disse...

É... um assunto bem delicado e controverso.
Hoje em dia, com tantas maneiras de se evitar, acho que essa não deveria fazer parte das escolhas, junto com o abandono. É triste!
Como sempre, ótimos assuntos em seus poemas.

Obrigada pelo comentário lá no porta-retratos. Também sou fã de preto. Uso muito (meu básico guarda-roupas é composto por ele - parece o da Mônica ou o do Dino da Silva Sauro rsrsrs), sou básica nesse quesito e também gosto dele nas peças que pinto.

Abração esmagador e até sempre ;-)

Marlene disse...

Bom dia meu amigo poeta espero que tenhas recebido meu eterno agradecimento pelo lindo presente que me mandaste de presente me avisa se recebeste o e-mail
meu computador anda meio desastrado como eu e as vezes faz bobagens
amei o presente postei nos dois blogs com muito carinho tenha uma semana linda e abençoada bjs marlene

Clau disse...

Oi Samuel :)
Esse assunto é bem polêmico.
Abortar, é assassinar uma vida inocente,
e este ato seguramente terá sérias consequências...
Gostei muito da postagem!
Bjs e ótima semana . \o/

Laura Santos disse...

Só uma mulher irresponsável aborta. Existem muitos meios de evitar uma gravidez, mas mesmo que um desses meios possa falhar, existirá sempre forma de receber e aceitar um filho, mesmo que tendo de mendiga muitas ajudas.
Existe remédio para tudo, menos para a morte de crianças que não pediram para nascer.
Concordo, Samuel. Ser moderno não deveria ser optar pelo aborto, mas defender a vida.
xx

Nádia Santos disse...

Pois é poeta, concordo plenamente.
Uma poesia forte. Bjussss

Marcos Satoru Kawanami disse...

Aborto não faz sentido.

Cidália Ferreira disse...

Boa noite Samuel

Maravilhoso e tocante poema! Uma perfeita realidade dos dias de hoje. Gostei muito de ler.

Beijo, e uma otima semana

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

allmylife disse...

Concordo com a poesia, lembrei até de um livro da Zíbia "Tudo tem seu preço". Muito bom por sinal.
Boa semana rapaz!

Larý Santos disse...

Que poema lindo, sou totalmente contra o aborto, se todos se preservassem não precisaria existir o aborto :3
Inside

Adriana Helena disse...

Oi Samuel, boa tarde!
Eis aqui um assunto muito delicado, pois trata-se de tirar vidas...

Realmente é triste demais, interromper precocemente, a vida que
um ser poderia atingir...Como você disse, ele poderia trazer luz para nós, mas, na verdade, encontra as portas da escuridão..

.Interromper a vida ... algo fatídico e a consciência vai arder, sem dúvida...
Um poema de muita firmeza amigo, mas você retratou a realidade!
Parabéns por mais este desenvolvimento!

Beijos e uma grande e especial semana!

Vera Lúcia disse...

Olá Caro Samuel,

Excelentes e oportunos versos.
Toda pessoa que conheci e cometeu o aborto jamais se esqueceu de tal decisão e se arrependeu. Houve até quem adotasse uma criança para diminuir a sua culpa.
Os espiritualistas sabem como é difícil conseguir uma reencarnação e é muito triste que os planos desses seres que buscam reencarnar sejam bruscamente interrompidos. Como você salientou, há muitas maneiras de se evitar uma gravidez e se ela acontece deveria ser levada avante, pois uma criança será sempre fonte de alegria para os pais.

Ótima semana.

Beijo.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querido, Samuel
seu poema é vanguardista ao registrar que um ser de luz deixa de existir quando
lhe mandam de volta, é muito triste saber que ainda existem mulheres, as quais não são mães que cometem este sangrento ato e ainda encontram explicações.Acredito que Deus sendo a própria consciência, um dia vai cobrar e muito caro por ter tirado a oportunidade de deixar que um ser se evolua. Tema para muitas reflexões. Abraços meu amigo.

Dentro da Bolha disse...

palavras, sociedade e algo mais... sempre há algo mais!

dentrodabolh.blogspot.com

Nanda Olliveh disse...

Nossa amigo Samuel, forte isso!
Muito bem dito por você essa triste realidade!

Beijos no coração amigo!

Sónia M. disse...

Gostei da forma forte, intensa, como abordou aqui este tema, tão delicado.
Sou totalmente contra o aborto, antes e depois de ter sido mãe...

Beijos

Lari Fonseca disse...

Foi ainda na semana passada que discutimos em sala a questão do aborto, e confesso que fiquei um pouco assustada com a forma como algumas pessoas o defenderam com tanta convicção... Quero dizer, é claro que estou ciente que opiniões sempre vão divergir e que temos de estar constantemente abertos a novos pontos de vista, mas assim como ficou bem retratado no seu poema, considero o aborto como uma forma de assassinato. Sou contra mesmo. Afinal, exitem tantos métodos de contracepção, que não consigo encontrar argumentos relevantes para justificar o ato de abortar (exceto quando houve estupro ou a gravidez é de risco, ou ainda quando o feto já vai "nascer prestes a morrer": nestes casos considero, assim como a lei no Brasil, o aborto pouco mais ou menos justificável).

Beijos ♥ Jeito Único

Rosemary Lima disse...

Esse tema é bem delicado... realmente as pessoas precisam ser mais responsáveis e pensar antes de fazer algo, precisam parar de pensar no agora e começar a pensar nas possíveis consequências do depois. Não julgo, mas também não apoio!

Joana disse...

O aborto é um atentado direto à vida humana, à vida de um ser humano procriado, em gestação e indefeso. Quem o faz, comete um crime!

Bom final de tarde, Samuel! Beijo

Anderson Lopes disse...

Um tema delicado sabiamente e delicadamente exposto em poesia!

Aline Teles disse...

Se cada pessoa pensasse um pouco antes de agir, muitas coisas poderiam ser evitadas. Um ato de irresponsabilidade gerando um final tão trágico. Juridicamente é possível em 2 casos previstos pelo CP e outro pelo entendimento do Supremo Tribunal Federal. Contudo, será que o aborto é a melhor alternativa? Por que não evitar? Ou, por que não dar uma chance para esse novo ser? Infinitas perguntas poderiam ser levantadas. É um tema bastante delicado. Tu colocaste a tua opinião de uma forma direta e poética. Beijos.

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Um poema que é um alerta para os incautos, erra quem aborta, quem faz o aborto e quem mais incentivou, triste meu amigo, temos que rezar para que aquele que perdeu a oportunidade, se apiede de quem tirou sua vida e perdoe a todos os envolvidos, mesmo assim esta energia ficará com os envolvidos até que ganhem entendimento e caiam em si do erro cometido, então eles mesmos pedem o resgate, é assim que é, parabéns pelo seu poema alerta, basta de tanto infanticídio, beijos Luconi

LUCONI MARCIA MARIA disse...

AMIGO SÓ AGORA VI, QUE LINDO FICOU! É EM CAIXA ALTA PARA EXPRIMIR MINHA EMOÇÃO. Mas meu anjo, eu não sou esta pessoa iluminada, tenho muitos defeitos, vícios da alma, cometi muitos erros nesta minha vida e ainda os cometo, eu sou apenas o canal de alguns irmãos bondosos que talvez por ligações de outras vidas me dão a alegria de ser sua máquina de escrever, só isso. MEU QUERIDO POSSO PUBLICAR LÁ NO TEXTO E CONTEXTO TANTO A VOCÊ OS DEVIDOS CRÉDITOS? ESPERO A TUA RESPOSTA, SEM PALAVRAS A ALTURA PARA AGRADECER TE DIGO MUITO OBRIGADA, DE TODO MEU CORAÇÃO, BEIJOS LUCONI

SUBJETIVIDADE E VOCÊ disse...

Independente de credo e religião, é sabido que o maior crime que o ser humano pode cometer é o de tirar a vida de outrem ou a sua própria vida. Porque ela é o nosso bem maior.
Texto polêmico, já que somos todos fracos quando se falo de vida humana.
Abraços e até sempre!

Marina Scholze disse...

Que lindo, me arrepiei.
Lindas verdades... Sempre me emociono com esse assunto. Muito importante.
Beijos
http://marinascholze.blogspot.com.br/

Ricardo- águialivre disse...

Sem dúvida que o aborto é um ato complicado. Sou a favor do aborto quando o feto é proveniente de sexo forçado, ou seja de violação.
Uma mãe que é violentada na sua honra e dignidade não é capaz, na sua grande maioria, de ser mãe. Existem excepções..mas são muito raras.

Caso contrário, concordo na íntegra com o poema que relata grandes verdades, em palavras simples, insertas em quadras, elaboradas por um enorme poeta

Deixo cumprimentos.
*************************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

ღ Miih...ღ disse...

Nada passa batido aos olhos de Deus.

Beijos meus , e um ótimo dia meu querido.

Carolina Russo S disse...

Achei linda a tua forma de manifestar repudio ao aborto, algo que, para mim, é sem dúvidas o pior ato que se pode cometer contra um ser...

Aline Teles disse...

Passando para agradecer a sua doce presença. Aqui está ficando bem friozinho e por aí? Beijinhos.

Dorli Silva disse...

Oi Tio Samuel
Tadinho dos sabiás, ele deveriam viver soltos na natureza
Obrigada pelo carinho
Mundo dos Inocentes

Lucas - Blog: Overture disse...

Tens toda razão em teu protesto contra o aborto. Evidente que há situação em que exista o debate sobre sua prática, incluso o risco da mãe e a condição inviável do feto. Evidente que existe o caso a ponderar-se de uma violência sexual, em que muita ponderação deve haver no auxílio da que sofre tal violência. Mas, na sua forma mais usual, o mero 'incomodo' de gerar alguém ou 'algo' indesejável, o aborto é o crime mais infame da raça humana. Não há palavras para expressar a condição moral e humana de quem busca seu prazer da maneira que lhe convém e agrada e, quando uma gravidez acontece, volta-se contra a vida mais indefesa de todas as vidas desse planeta, assassinando-a em prol da continuidade de suas irresponsabilidades. Um crime torpe, bárbaro, descabido, contra um ser absolutamente indefeso. Grande poema, meu amigo. A ti, abraçosssssss

Nelma Ladeira disse...

Parabéns Samuel!!
Você mostrou a realidade,em forma de poema!
Somente um grande poeta tem esse dom.
Me orgulho muito em ter você como amigo!!
Beijinhos.

Marlene disse...

Bom dia poeta vim deixar um abraço de bom dia agradecer o carinho da visita e reler este texto tão importante que precisa ser lido e relido tantas vezes for
preciso,e falado ao mundo que a vida a Deus pertence não nos cabe decidir quem morre quem tem direito de viver,aborto um dos crimes mais idiondos no meu modo de ver,um abraço Samuel o mundo espiritual abençoa tuas palavras
com carinho marlene

Dorli disse...

Oi Samuel,
Passando para desejar-lhe uma linda tarde com grande inspirações.
Beijos
Lua Singular

MARILENE disse...

Sinceramente, Samuel, não gosto de julgar, independente dos princípios religiosos que abraço e do conhecimento das consequências do ato. É preciso conscientização e constante adoção de medidas esclarecedoras que possam tocar, principalmente, os mais jovens, homens e mulheres, porque uma gravidez depende de ambos. Bjs.

Carla disse...

Profundo.
Adorei as palavras, concordo plenamente com elas.
Beijos,
comojulieta.blogspot.com

Sony Azevedo disse...

Uma excelente e reflexiva poesia. Realmente, hoje com tantas informações, com pílulas do dia seguinte, só engravida quem quer. O pior do aborto é saber que tantos lutam por um único filho e outros o descarta pr ter sido somente uma noite. Triste, muito triste. Amei. Muita luz e paz. Beijo no coração.

Evanir disse...

Um abraço bem forte, bem verdadeiro,
abraço longo, cheio de sentimento.
Venho deixar meu abraço pelo dia do abraço
com muito carinho.
Evanir.

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Que poema maravilhoso,Samuel.Você se supera dia a dia,meu querido amigo.

Falar desse crime que é o aborto quando tantas mulheres ainda o praticam.

Todas deveriam ler sua pérola de reflexão!

Obrigada pela visita.

Beijos e uma semana de alegrias

Donetzka

Face Book:


https://www.facebook.com/donetzka.cercck

Twitter: @donetzka13


Blog Magia de Donetzka










✿ chica disse...

Tema forte e me entristece pensar em quem o pratica! Em tempos de tantas formas de prevenção... Linda poesia!! abração,chica

Tatiana Moreira disse...

Olá Samuel... Um tema forte! Um assunto difícil para tantas mulheres.
Eu sou contra o aborto, mas não sei se no caso de uma violência sexual eu teria forças suficiente para manter uma gravidez altamente indesejada.
Que Deus nos fortaleça o espírito pois como humanos ainda somos muito fracos!
Um abraço carinhoso

Fernanda Bender disse...

Samuca, essa questão do aborto foi bem colocada nesse poema. Não entendo como alguém tem coragem de praticar um ato assim. Essa história de "o corpo é meu e faço o que quiser" é pura ignorância, afinal, no momento que tem uma vida dentro de ti, tu não tem o direito nunca de agir mal contra ela. E olha, só quem desejou muito um filho e não pode ter sabe a dor que é ver essas mulheres praticando um ato tão irresponsável e egoísta.
Te admirei ainda mais por esse poema... tu é um cara do bem. Um abraço!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Samuel,passando para lhe desejar um lindo final de semana.
bjs amigo
Carmen Lúcia.

Maria Emilia Moreira disse...

OLá Samuel!
Este é um tema actual e de difícil solução. Enquanto as pessoas não forem conscientes e responsáveis pelos actos que praticam. Hoje há tanta forma de evitar chegar a tais extremos. Um abraço.Bom fim de semana.

Amanda Souza disse...

O poema é bonito e cheio de bons argumentos, embora eu discorde da sua opinião ao tema. Nada fora do normal. Aliás, é sadio o debate de diferentes opiniões. Nunca passei pela situação e nem sei qual seria a minha atitude caso passasse, mas, acredito que a mulher deva ter a livre escolha sobre seu corpo. Melhor seria abordar do que trazer ao mundo uma criança indesejada ou para criá-la de qualquer jeito.
Enfim, não vou me aprofundar no assunto. Beijinhos

Rita Sperchi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rita Sperchi disse...

Que tristeza ler o que eu não
faria de jeito nenhum, minha filha queria
tanto ter filhos e não pode, e isso acontece por ai
Bem colocados em forma de poemas
Bjuss de boa noite
Rita!!

Lindalva disse...

Pode ter certeza meu donzelo, a cobrança virá em outras vidas até que haja a harmonia dos espíritos... Um looooooooooooooooongo beijo meu amado. Saudades!

Fábio Murilo disse...

Importante o disse, "São tantas alternativas para não engravidar" , só engravida quem quer, tantas querem ter filhos e não podem. Pura inconsequência e irresponsabilidade. Gostei, Samuel.

Gyzelle Góes disse...

Gosto da métrica em suas poesias, os protestos em seus versos, suas causas, seu zelo, sua presença ilustre em meu blog sempre deixando um pedacinho da sua opinião valiosa. Abraços

Sissym Mascarenhas disse...

Samuel,

Voce abordou com perfeição sobre um tema doloroso e delicado.
Realmente, há alternativas para impedir e não cometer um crime.


Bjs

Celia Lima disse...

Um soneto mais que verdadeiro Samu.
Com certeza que a cobrança virá, é o que chamamos a lei do retorno.
Assim que minha minhas coisas estiverem mais organizada vou postar esse texto em meu blog ok?
Com seus créditos é claro.

Bjssss

Liine.BMenezes disse...

Oi amigo adoro sua visita em meu cantinho e sempre me dando uma ajudinha com dicas ótimas. Agradeço e vou procurar ler com certeza o texto que você citou.

Bom mas não foi atoa que eu escolhi esse verso para comentar, sabe eu respeito a opinião de todos, mas também tenho a minha própria e também não sou a favor do abordo. E já vi pessoas sofrerem por isso, eu creio em justiça divina, mesmo sendo um pouco pesada essa frase. Mas enfim o verso é perfeito do começo ao fim. Adorei seu jeito suave e firme para com as palavras, você é de puro talento amigo.

Beijokas com carinho*

Ana Cecilia Romeu disse...

Concordo totalmente, Samuel!
Sou contra o aborto, e não consigo sequer pisar em formigas, quanto mais matar um ser humano indefeso, um serzinho que não tem culpa de nada.

Beijos!

Tais Luso disse...

Olá, querido amigo Samuel, tema pra lá de polêmico! Sim, somos donas do corpo,mas por que não pensar antes? Tantas maneiras de evitar vai escolher justamente uma que já é vida? Que tem direito a ela? Só admitiria em caso de estupro ou risco de vida para a mãe. Do contrário, dê vida a vida!

bjus, amigo! Lindo poema de vida.