1 1
Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 12 de maio de 2014

REDES SOCIAIS

Está tudo controlado...
Não me chamem de ilusório...
Sempre que olho para o lado
Penso estar num sanatório;

São tantas pessoas rendidas
Na frente do celular;
Vidas sendo consumidas
De quem não quer acordar;

Estas tais redes sociais
Só estão quebrando os laços
De famílias terminais
Que mal se trocam abraços;

Se negam a ler um book...
A buscar conhecimento;
Quem não deixa é o facebook
Roubando cada momento;

Na mídia são só tragédias...
Como gostam de assistir...
Trocam as doces comédias
Para ver alguém ferir;                                                              

57 comentários:

Ana Bailune disse...

Bom dia, Samuel. Certíssimo! Ontem fiquei chocada ao ver uma mãe participando da reunião de Dia das Mães da escola da filha através de um tablet...

Laura Santos disse...

Concordo! A vida tornou-se um show permanente em que todos querem aparecer, participar e ao mesmo tempo querem também estar de plateia como mirones insaciáveis.
Seria risível se não fosse trágico. Quanto mais o homem se aproxima da máquina, mais tem tendência a estupidificar-se. Regresso à natureza, passar com a família, conviver olhos nos olhos?...Não. Envia-se uma mensagem.
Muito bem dito, Samuel.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Bom dia Samuel.
Um verdadeiro horror,essa loucura que vemos,parecendo que somente existem
comunicações dessa forma.
Adorei sua mensagem.
bjs
Carmen Lúcia.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

É isso o que penso e que vc descreveu em tão lindos versos.
Beijos,
Renata

Bell disse...

Oi Samuca

Penso igual a vc, viu?
Acho que sou careta e velha, não tenho face.
As pessoas acham que as outras as add pq gostam, mentira, querem especular.
Saber da sua vida, fofocar é para isso que serve as redes.
Claro que tem páginas proveitosas que edificam mas acredito que as pessoas reclamam da falta de tempo, porém não sabem usa-lo.
Passam horas e horas com coisas que não edificam em nada.
Sabe o que é pior?
Já vi pessoas se add, e ao se encontrarem nem oi se falam.
Para mim isso é demais.

Um lindo dia pra vc =)

Clau disse...

Bom dia Samuel :)
Quando o mundo virtual, substitui o real,
aí fica complicado...
O uso excessivo da internet, não faz bem à ninguém.
Um dos efeitos colaterais desse vício é deixar de lado família e amigos reais...
Se as redes sociais fossem usadas com moderação e equilíbrio, tudo bem...
mas além de quebrarem laços, acaba virando uma patologia.
A vida fora da web, mesmo com seus contratempos, pode ser maravilhosa!
Bjs \o/

Dorli disse...

Oi Samuel,
Meu filho tem celular e Not de última geração, eu comprei um celular do mais baratinho só para alguns recados e nada mais.
Ninguém vive mais...
Beijos
Lua Singular
Dê uma olhada na minha postagem abaixo

ॐ Shirley ॐ disse...

Querido Samuel, concordo plenamente com o que você disse no poema. Que me perdoem os aficionados, mas, costumo dizer que o facebook é a perdição da humanidade. Por isso, orgulhosamente, "tô fora"!
Beijão!!!

Rute disse...

Parabéns perla postagem infelizmente tem pessoas que acham que estar antenados , tem que estar nas redes sociais.lego engano...
beijos

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Samuel

Lindo poema... Mas já não passamos sem nada disto... o que ás vezes é mau.


Tem uma otima semana

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Joana disse...

Bom dia, Samuel!
Muito bom teu poema, penso isso também. Devemos usar a internet,tirar proveito das coisas boas que ela nos oferece. Mas jamais,usados por ela,sermos reféns! Grande Beijo!

allmylife disse...

Sad but True! Parece que a tendência é piorar... =s

Nanda Olliveh disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nanda Olliveh disse...

Boa tarde amigo Samuel!
Querido concordo plenamente com você...
Quando o uso da internet começa a interferir na vida ''real'' digamos assim...
É preciso parar e refletir...
Agora também tem o tal do Whats App, eu até instalei em meu celular, mas depois tirei, por conta disso, você acaba se tornando escravo(a), tem que responder a todos, e as vezes responder a conversas fúteis... O facebook já está de bom tamanho... As redes sociais são legais em certa parte...
Mas tudo em excesso se torna prejudicial.
E sobre a mídia... vejo que os jornais de tornaram portadores de más notícias, nem assisto, porque não tenho estômago nem estrutura emocional pra ver tanta tragédia, sempre opto pelos programas mais leves, acredito que os jornais poderiam fazer outras matérias... falando sobre outras coisas do Estado, mas enfim...

Muito inteligente seu escrito, gostei de ler- te!
Obrigada pela carinhosa visita!

Beijos no coração!

Rita Sperchi disse...

Meu doce poeta aqui em forma de
poema vc falou td, não podemos mesmo
ser escravo desse mundo virtual, tenho Blog
tenho face, mas uso com moderação, acho
que não conseguiria viver como escravo não
mas gostei da maneira que postou

Abraços de boa semana
Bjusss
Rita╭•⊰✿

Rosemary Lima disse...

Verdade Samuel.
As pessoas estão trocando a vida real pela virtual e nem se dão conta disso

ótima semana!
Bjos

Bandys disse...

Tem toda razão. Em qualquer lugar que se va é
essa epidemia de celular,
redes sociais e etc...

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.
Cora Coralina

Uma boa noite regada com gotinhas de paz e amor.

beijos e até sempre!

MARILENE disse...

Samuel, como são verdadeiras suas colocações! O mundo real está sendo substituído pelo virtual, impedindo os saudáveis contatos familiares e de amizade.
É preciso equilíbrio para se caminhar entre esses dois mundos. Bjs.

Tatiana Moreira disse...

Olá Samuel...
Em primeiro lugar quero agradecer a sua visita.
Que oportunidade surpreendente você me proporcionou em visitar a minha página e me trazer até aqui...
Gostei muito do que vi, li e absorvi em suas belíssimas criações!
Com toda certeza eu voltarei mais vezes!
Um abraço carinhoso

Gaby Soncini disse...

Os olhos só virados para o celular.
Acho que ter redes não é um problema, o problema é quando seus olhos ficam só nisso.
Vejo que está demais.

Beijos.

Lucas - Blog: Overture disse...

É uma reflexão necessária. As redes sociais são, entre outros, meios eficazes de comunicação. São muito úteis. Talvez sejam os meios que mais permitam a invasão, justamente por aparentarem distanciamento. 'Quem te vê e te lê está longe...' Nem sempre. Também prevê sinceridade. 'Quem te adiciona quer ser teu amigo...' Nem sempre. Contudo, o pessoal jamais deve ser superado. O pessoal é o que mais conta. Basta ver quantas horas tu dedicas ao pessoal e ao digital. Meu dia é absurdamente cheio, amigo. Sobra uma hora para o digital. Abraçossssss

Marlene disse...

Bom dia Samuel meu querido poeta amigo passei para agradecer sua visita ao blog e ler seus poemas que me encantam a cada visita que faço por aqui deixo um abraço meu carinho sua sempre amiga marlene

Vera Lúcia disse...

Olá Samuel,

Muito bem versado o caus provocado nas famílias, nas relações e na própria vida dos internautas pelas redes sociais. Infelizmente, não está havendo limite. A tecnologia é fantástica e traz incontáveis benefícios, mas há necessidade de equilíbrio em seu uso. Não se pode substituir o real pelo virtual, pois é no real que a vida acontece (e que passa rápida demais).

Beijo.

Ricardo- águialivre disse...

Boa tarde amigo Samuel

Muito bem apresentada uma enorme verdade dos nossos dias actuais
Em verso, forma poética, analisa profundamente, mostrando uma certa decadência do que é hoje em dia a vida familiar.
Facebook e celular...pouco mais.

Grande abraço

Bruxa disse...

Concordo plenamente com vc, meu bom amigo!
Há muitos anos não assisto jornal e confesso que boa parte da programação da TV, pois não acrescenta nada.
Só criei meu face em janeiro desse ano e mesmo assim, o uso 2 x por semana, à noite... Celular? Apenas pra fazer e receber ligação.
Gosto de gente que está e hoje em dia, a maioria não está com ninguém. Enquanto está com vc, conversar com outro e qdo tem oportunidade de encontrar esse outro, já está com outro no celular e assim vai.
As famílias se acabam a cada dia, pois todos só querem o face... Triste.
E seu poema narra isso maravilhosamente bem.
Abração esmagador e linda tarde.

Marina Scholze disse...

Muito bom! Precisamos resgatar as coisas boas da vida.
Beijo
http://marinascholze.blogspot.com.br/

Adriana Helena disse...

Estou impressionada Samuel, com a realidade nua e crua que expôs em seu poema!
Pois, antes de tudo, demonstra como está antenado e consciente dos malefícios provocados pelo excesso do uso das redes sociais!
Em alguns casos, pode até provocar um certo vício não é mesmo?

Sabe amigo, até gosto das redes sociais, pois as uso com muita moderação e discernimento!
Sabe, tive a oportunidade de encontrar a minha mais querida amiga de infância, que eu não via há mais de 25 anos e foi através de uma rede social.
É por isso que, comigo, por enquanto, só me trouxe benefícios..rsrs
Mas as uso somente para me divertir e não me entristecer...
Entretanto, quando sinto que há um excesso, me afasto silenciosamente por alguns dias e retorno depois, bem mais renovada!!
Afinal, estar conosco mesmo é tão bom!
Curtir a natureza então, é melhor ainda!!

Parabéns por mais essa excelente obra poeta!
Obrigada!
Tenha uma semana muito proveitosa!
Beijos! :)))

Laura † disse...

Poema maravilhoso e super bem escrito, além de ser super realista. É realmente uma verdade, Samuel. Famílias e amigos estão sendo trocados por internet, por Facebook. Não devemos negar que todos nós usamos pelo menos a internet uma vez por semana, que seja, mas mesmo assim não devemos trocar completamente nossos valores da vida real por uma tela do computador. Muitos casais entram em brigas por causa da internet. Internet isso, internet aquilo... Está errado.
Parabéns pelo excelente poema, companheiro.
Beijos || Unlocked Land ❤

Cristina Cebola disse...

Olá Samuel!

Um poema que retrata a realidade dos nossos dias.
Se por um lado o avanço das novas tecnologias, facilitou a vida ao Ser Humano, também é verdade que está a contribuir e muito, para a sua desumanização.
E não entenda isto como um julgamento, não gosto de julgar e normalmente não julgo. Eu própria tenho conta no Facebook, por isso mesmo, não posso deixar de constatar, que muitas vezes se troca o essencial pela satisfação do ego, troca-se o ser, pelo parecer. Há que ter muito cuidado, para não sermos apanhados na rede....
Gostei muito do poema...um alerta simpático para todos nós...

Abraço

Marcos Satoru Kawanami disse...

Tens razão, Samuca.

Dorli disse...

Oi Samuel,
Passando para agradecer o carinho e lhe dar um recadinho: o tempo voa...
Beijos
Lua Singular

LUCONI MARCIA MARIA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LUCONI MARCIA MARIA disse...

Samuel removi o comentário anterio porque foi publicado sem eu ter terminado, meu pc está doído, assino embaixo de teus versos, estou cansada de até visita que vem aqui em casa fica no sofá só clicando, imagine eu moro praticamente sozinha com minha filha de vinte anos, que claro tem a vida dela e não para em casa, então quando vem uma visita amo, mas acabo assistindo televisão e deixo a visita clicar, vai ver que na casa deles não tem net, rsrsrs......beijos Luconi

Vall Nunnes disse...

As redes sociais não são ruins, o mau uso dessas ferramentas é que traz prejuízos morais e emocionais.
Já fiz uma pesquisa em dois ou três sites de relacionamentos sem me identificar; no entanto,avisei a alguns dos rapazes com quem falei duas/três vezes- o que me levou a criar um perfil,depois falo mais sobre isso- eles buscam o que não conseguem em casa, em alguns casos virei confidente deles. Mas a grande maioria cria um perfil pra ser outra pessoa e trair a si mesmo e aos que ama sem 'ninguém saber'.
Boa noite e muito bom seus versos e tema. Que aliás é bem abrangente.

Vall Nunnes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anne Lieri disse...

Samuel,uma grande realidade em sua poesia! Aos poucos a interação verdadeira, os afetos, vão ficando de lado com esse vicio das redes sociais. Bjs,

Eu...Suzana disse...

Amigo Samuel,
tens toda razão no que escreves. E o pior de tudo que a tendência é cada vez mais as pessoas agirem assim pois a cada dia surgem novas tecnologias. Além das pessoas se distanciarem, também acredito que os "poderosos" querem que o povão fique alienado e com isso fique mais fácil nos enganar. Um grande beijo e até!!

Kaka Stelê disse...

Oi Samuel :) as pessoas precisam administrar melhor o tempo, aproveitar mais estar com a família, curtir, passear.A tecnologia é ótima mas precisa ser usada da maneira certa não pode ser um vicio.Eu não tenho facebook e vivo muito bem sem ele.É triste ver pessoas presas as redes sociais e esquecendo de quem tá perto assim como você disse na poesia.

Parabéns!
Grande Beijo

Cecília Romeu disse...

Samuel, tudo bem?
Demorei para vir, não foi por conta do facebook :)
Mas colocarei minha falta em dia, e vou apreciar os anteriores.

Sim, uma realidade silenciosa e penosa. Digo por mim mesma. Por um lado, existe toda a socialização possível, inclusive com pessoas distantes geograficamente, novos conhecidos e amigos de infância. Por outro, se não nos cuidamos, essa nova realidade toma conta de nós. Para o equilíbrio difícil, apenas bom senso.
Como já te disse, mas repito, aprecio muito teu olhar crítico nos poemas.

Beijo grande!

Nádia Santos disse...

É realmente estarrecedor querido, pra onde olhamos vemos as pessoas ligadas no celular, até para atravessar a rua el não para de olhar para o dito cujo, sem nem se importarem com os veículos. Um poesia repleta de verdade. Bjussss poeta

✿ chica disse...

Quanta verdade,Samuel! Incrível do jeito que isso anda. Vemos nos restaurantes, as mesas com o casal e filhos, cada um na sua "rede"..Credo! abração,chica

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Samuel, querido amigo. Acredito que as redes sociais são importantes, mas não para a usarmos sem moderação.
Tudo tem que ter um limite, essa é a verdade.
Famílias precisam de atenção, do toque, do abraço, beijo e olhar, o diálogo em si.
Se usarmos as redes sociais para o bem, para a divulgação do nosso trabalho, fazermos amizades, mas sem esquecermos que temos compromissos, aí tudo bem.
Tudo na vida é uma questão de equilíbrio, fora ou dentro das redes sociais.
Gostei muito do teu poema.
Tenha um fim de semana de paz!
Beijos na alma!

Maria Adeladia disse...

SAMUEL:Como está vc, querido?Tanta correira, hein?RSS!Amigo, a internet, as redes sociais têm muita coisa boa, mas infelizmente as pessoas não sabem moderar.Acabam perdendo o lado bom da vida, que é o calor humano.Parabéns por mais um poema encantador. Bjs amigo.

Rita Sperchi disse...

Vim deixar um abraço pra vc
bjusss

Bom final de semana


└──●► *Rita!!

Lu Nogfer disse...

Boa noite Samuel!

Tudo faz mal quando se passa do limite, não é verdade?!
Ha tempos essas redes não me prendem...
É preciso ter muito controle, ou então tornam-nos escravos e deixamos de viver o mundo ao lado de fora e ai a vida passa e a gente nem vê.

Beijos

ॐ Shirley ॐ disse...

Samuel, hoje eu preciso de um Reiki rs.
Beijos!

Dorli disse...

Oi Samuel,
Estamos chegando perto, mas antes vamos sofrer muito, ainda bem que morro antes.kkk
Beijos
Lua Singular

Bandys disse...

Oi Samuel,
Vim desejar um restinho de sábado com muita luz e paz e gotinhas
de esperança.
Voce gostou do escrever na alma, tambem acho bnito.
Tenho uma poesia de tatuar na alma, qualquer dia eu posto.
beijos e até sempre

ღ Miih...ღ disse...

Olá Samuel.

Aí uma verdade absoluta.

Sem mais.

Beijos meus e um ótimo fim de semana , meu querido.

Sempre prazeroso vir aqui e mergulhar em teus poemas.

Nyce Pinto. disse...

Olá Samuel, perfeito o que escreveu, concordo! Está havendo um inversão de valores, o real e o virtual tão misturados... Mas sempre fico refletindo quando leio! Penso que o "virtual" as "redes sociais" são na verdade "neutras", positivo ou negativo é o bom ou mau uso que fazemos delas! Em determinados momentos sentimos saudade daquele tempo em que, a tardinha as famílias sentavam em frente das casas e (aqui no Sul) tomavam chimarrão com os vizinhos... Busquemos o equilíbrio! Um lindo e alegre final de semana. Abraços...

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Bom dia,Samuel.Concordo plenamente e descreveu como só vc sabe fazer essa mania mundial! Eu estou no face muito pouco,somente quando me alertam de algo importante.

A maioria não conversa mais olho no olho e isso entristece mesmo.

Obrigada pela visita e ótimo fim de semana.

Beijos

Donetzka

Face Book:


https://www.facebook.com/donetzka.cercck

Twitter: @donetzka13


Blog Magia de Donetzka






Fábio Murilo disse...

Ai que tá, Samuel, frequento o Facebook, confesso. Televisão só se vê bobagens, nem telejornal assisto. Não encontro ninguém pra conversar na vida real. O Face é uma opção moderna de interação, de fazer amigos, tão dignos e até mais legais que os ditos "reais". Um abraço!

Carla disse...

Oi Samuel,
Confesso que uso o Facebook, mas nem por isso vou deixar de concordar com você. As pessoas são muito manipuladas atualmente pelas redes sociais, é difícil encontrar alguém que pense por si mesmo e que veja as coisas com os próprios olhos.
Adorei seu blog, já estou te seguindo. Muito obrigada pela visita e pelo seu comentário no meu blog <3
Beijos,
comojulieta.blogspot.com

Carolina Russo S disse...

Vim dar uma olhada no seu blog e realmente adorei logo de cara o primeiro post que encontrei.

O que escreveu se encaixa exatamente no que eu penso. Sinto-me perdida nesse mundo tecnológico. Vejo tantas pessoas que amam pelo celular, que vivem o virtual; estão deixando a vida ir embora... Lamentável.

Parabéns pelo post!

Paloma Viricio disse...

Oiee Samu! Saudades de você! A vidinha aqui está bastante agitada, mas ainda volto para nossas conversas tão agradáveis. Olha...como já falamos antes as redes controlam a maioria das pessoas,mas isso porque elas fazem mal uso. kkkkk Tudo doido...é o mundo do isolamento.
Bloody Kisses
Monólogo de Julieta

Lara Vic. disse...

Fiquei super feliz com seu comentário no meu blog e vim dar uma olhadinha haha
Não sou muito fã de apenas rimas mas admito que nesse poema deram um ritmo legal, e a temática é incrível. Tem um vídeo bem bonito chamado Look up que fala bem isso, procure acho que pode gostar haha
Enfim belo poema, passarei por aqui mais vezes :)

Lia Noronha disse...

Samuel: tempo realmente estranhos..os que vivemos..onde os valores anda invertidos..infelizmente!!abraços meus